Porsche 718 Boxster prima pela excelência
Hoje é Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017

Porsche 718 Boxster prima pela excelência

Fomos conhecer os novos roadsters de motor central Porsche 718 Boxster e simplesmente adorámos

Porsche718Boxster01A convite da Porsche Ibérica, o LusoMotores foi conhecer as novas propostas da marca germânica, os novos 718 Boxster e 718 Boxster S, agora mais potentes e mais leves , com mais 35 CV mas capazes de permitir menos 13% no consumo. Duas décadas depois da estreia do primeiro Boxster, a Porsche resolveu alterar a designação dos modelos por ocasião da mudança de geração, permitindo aos desportivos de dois lugares abertos mais potência, menos peso e maior eficiência, e com isso conseguindo dar seguimento à tradição dos motores Boxer de quatro cilindros dos desportivos 718 com motor central os quais, nas décadas de 50 e 60, ganharam inúmeras corridas, entre as quais a lendária Targa Florio e Le Mans.

PUB

O coração da série de modelos é o novo motor Boxer de quatro cilindros turbo-alimentado. O 718 Boxster debita 300 CV a partir dos dois litros de cilindrada, cabendo ao 718 Boxster S produzir 350 CV com 2,5 litros de cilindrada. No modelo S, a Porsche utiliza adicionalmente um turbocompressor com geometria variável (VTG), permitindo à Porsche ser deste modo o único fabricante a utilizar a tecnologia VTG em veículos de produção em série com motores a gasolina, nomeadamente no 718 Boxster S, para além de no 911 Turbo.

Com o acréscimo de potência é ainda assim possível reduzir no consumo, mas o que a Porsche não reduziu foi no prazer da condução. Antes pelo contrário, o prazer de condução neste modelo é constante, como aliás pudemos verificar num agradável ensaio desde o Estoril até Óbidos com regresso ao ponto de partida, efectuado na primeira metade do percurso ao volante de um Porsche 718 Boxster S de cor amarela, em verdadeiro "modo Futre", um automóvel que jamais passou despercebido na estrada, não só pela cor como pela imponência e o ruído ímpar do motor a que poderemos chamar de "assinatura sonora".

Para além do aumento de potência, será importante destacar o aumento de binário permitido pelos novos motores, nomeadamente o motor de dois litros do 718 Boxster, capaz de produzir um binário de 380 Nm, disponível logo entre as 1950 rpm e as 4500 rpm, a que corresponde um aumento de 100 Nm, ou seja, 35%. O motor de 2,5 litros do 718 Boxster S desenvolve, entre as 1900 rpm e as 4500 rpm um binário de 420 Nm, resultando assim em mais 60 Nm do que o seu antecessor, encontrando-se aqui o maior aumento de binário na história do Porsche Boxster.

Porsche718Boxster04

Porsche718Boxster02 Porsche718Boxster05

Porsche718Boxster07

Prestações ímpares

O prazer de condução permitido por este desportivo de excelentes prestações acaba assim por surgir a partir da resposta em estrada, pela forma como coloca a potência no asfalto quando é preciso dar resposta a uma ultrapassagem mais apertada ou queremos simplesmente chegar mais depressa ao destino, mas também pelo modo como a travagem surge precisa quando necessária para um conjunto em que o chassis se apresenta sem mácula. A somar a tudo isso, ou por consequência disso mesmo, referências positivas para o conforto, também para a caixa de velocidades simplesmente perfeita a permitir uma resposta sempre presente, bem assim como para um pacote de equipamento tecnológico capaz de responder a todas as exigências ou quase, com tudo isto a colocar o Porsche 718 Boxster numa posição de topo no seu segmento, assumindo-se como um desportivo ímpar.

Será importante referir que a mudança nestes modelos não se resume ao seu coração, que o mesmo é dizer aos motores, ou à nova afinação do chassis e aos travões reforçados, isto porque também o design desta nova geração foi sujeito a uma revisão profunda. Assim, e para que se tenha uma ideia da realidade deste novo Porsche, à excepção da tampa da bagageira, do pára-brisas e da capota, é tudo novo. No interior, o cockpit é marcado pelo painel de instrumentos com novo design, surgindo a última geração do Porsche Communication Management (PCM) de série com um moderno ecrã táctil, apresentando o módulo de navegação disponível como opção.

Porsche718Boxster09

Porsche718Boxster10 Porsche718Boxster11
Porsche718Boxster12 Porsche718Boxster13

Porsche718Boxster14

Ainda no que diz respeito às prestações, há que destacar a forma como os novos modelos 718 Boxster concluem as retomadas de aceleração de forma claramente mais vigorosa e aceleram mais rapidamente a partir das baixas rotações. O 718 Boxster com PDK e pacote Sport Chrono acelera em 4,7 segundos dos 0 aos 100 km/h, o que significa 0,8 segundos mais rapidamente do que o modelo anterior. Já o Porsche 718 Boxster S, com o mesmo equipamento, consegue fazer o mesmo sprint em 4,2 segundos, sendo 0,6 segundos mais rápido do que o seu antecessor.

Ao mesmo tempo, o motor demonstra a elevada rotatividade típica de um veículo desportivo: a faixa de rotações termina só nas 7500 rpm, sendo a quebra de potência da rotação nominal para a rotação máxima apenas de 5%. Nenhum outro motor turbo no segmento do 718 Boxster alcança este valor. Numa condução desportiva, o condutor aproveita a potência e o binário do motor ao longo de uma faixa de rotações mais ampla, sem ter de utilizar a alavanca das mudanças. E, em aceleração máxima, dispõe do binário total do motor turbo depois de engrenar a mudança. O aumento de binário é particularmente notório nas retomadas de aceleração na faixa de velocidades acima dos 100 km/h. A velocidade máxima alcançada pelo 718 Boxster é 275 km/h, o 718 Boxster S chega aos 285 km/h.

Porsche718Boxster08

Porsche718Boxster17

Caixa PDK irrepreensível

Ao longo do nosso ensaio, outro factor que permitiu sempre a melhor reposta dinâmica resultou da prestação da caixa automática PDK de sete velocidades, com uma resposta sempre acertada e imperceptível, e a uma capacidade de reacção impressionante. A título de exemplo, quando a rodar em auto-estrada em velocidade cruzeiro na ordem dos 120 quilómetros por hora, a rolar em sétima, perante um pisar do acelerador mais vigoroso, a caixa respondeu com uma redução de três relações por forma a ceder a melhor potência e assim responder às solicitações da condução, ficando aqui as costas de condutor e passageiro literalmente coladas aos agradáveis bancos do 718 Boxster S.

Os modelos 718 são equipados de série com uma caixa de velocidades manual de seis velocidades, podendo a título opcional, estar disponíveis com transmissão Porsche Doppelkupplung (PDK). Para aumentar a eficiência, a PDK dispõe da função Auto Start-Stop melhorada, que desliga o motor assim que o veículo começa a desacelerar. As mudanças virtuais para poupança de combustível também já são conhecidas da PDK. A uma velocidade constante o comando selecciona a mudança mais elevada possível. Para estabilizar as rotações e evitar os solavancos típicos a rotações muito baixas, a embraiagem da mudança em questão comuta para uma menor resistência.

Perante tudo isto, confirmámos que os motores Boxer turbocomprimidos da Porsche convencem mesmo em termos de potência e eficiência. O motor turbo de quatro cilindros com PDK no 718 Boxster consome, com 6,9 l/100 km em NEDC, menos 0,7 l/100 km do que o Boxster que vem substituir. Já o motor Boxer turbocomprimido de 2,5 litros com PDK no 718 Boxster S satisfaz-se com 7,3 l aos 100 km. Isto corresponde a uma poupança de 0,9 l/100 km em comparação com o modelo anterior. Feitas as contas, significa mais 35 CV de potência com até menos 13% de consumo.

Porsche718Boxster18

Porsche718Boxster21 Porsche718Boxster22
Porsche718Boxster19 Porsche718Boxster23

Porsche718Boxster20

As duas variantes do novo motor Boxer da Porsche não se distinguem apenas na cilindrada. No motor de base, um turbocompressor, designado de wastegate, introduz adicionalmente ar nas câmaras de combustão. Na versão com potência aumentada, o motor é sobrealimentado por um turbocompressor com geometria variável da turbina, como utilizado até aqui exclusivamente no 911 Turbo.

No 718 Boxster S, um wastegate adicional opera o turbocompressor com pás direccionais ajustáveis sempre a um grau de eficiência optimizado, graças à regulação orientada do fluxo dos gases de escape. Deste modo, a energia no fluxo de gases é convertida de forma particularmente eficiente em propulsão. Tudo isto também explica as generosas entradas de ar colocadas nas secções laterais destes modelo, para a refrigeração indirecta do ar de sobrealimentação, necessária para o correcto funcionamento de todo o conjunto. Para não alterar o design e a aerodinâmica do 718 Boxster, os motores turbo utilizam as entradas de ar laterais atrás das portas para aspirar o ar e, agora, também para refrigerar indirectamente o ar de sobrealimentação.

Design apaixonante

Notas finais do nosso ensaio dinâmico foram para as impressões visuais de um automóvel que impôs sempre uma presença forte e personalizada, ou não fosse esta família 718 reconhecível à primeira vista. A secção inferior dianteira do novo roadster mostra formas com um perfil claramente reforçado. A frente parece agora mais larga, sensação apoiada nas luzes dianteiras estreitas, por cima das entradas de ar laterais, que incluem as luzes de presença e os indicadores de mudança de direcção. A secção inferior dianteira é dominada, ao meio, por duas lamelas horizontais, que sublinham visualmente a largura do 718 Boxster.

Com as entradas de ar de arrefecimento na secção dianteira, o novo conceito de motores turbo é transmitido também opticamente para o exterior de uma forma marcante. A frente do 718 Boxster é complementada pelos faróis principais bi-xénon com novo design e luzes LED de circulação diurna integradas.

Porsche718Boxster28

Porsche718Boxster24 Porsche718Boxster25
Porsche718Boxster26 Porsche718Boxster27

Porsche718Boxster29

Quanto ao equipamento deste novo 718 Boxster, o condutor encontra o familiar ambiente Porsche, valorizado com novos elementos. No interior, a nova parte superior do painel de instrumentos reflecte, com os difusores de ar, o design tridimensional do exterior. O volante desportivo com um diâmetro de 375 mm e design do 918 Spyder permite dirigir o roadster ainda com mais precisão. Opcionalmente, está disponível o volante desportivo GT com diâmetro de 360 mm.

A Porsche disponibiliza as opções multifunções e de aquecimento para todos os volantes. No centro do interior redesenhado está o novo Porsche Communication Management (PCM) de série, incluindo pré-instalação para telemóvel, interfaces áudio e Sound Package Plus com 110 watts. O PCM pode ser ampliado com módulos opcionais, para se adaptar aos requisitos pessoais. O módulo Connect opcional inclui uma superfície de apoio para o smartphone, para a ligação sem fios deste à antena exterior, uma interface USB compatível com iPod na consola central, Apple CarPlay incluindo função de comando por voz “Siri" e o Porsche Car Connect.

Os preços...

Depois de revelada a realidade sem dúvida apetecível dos novos Porsche 718 Boxster, há que deixar a indicação de quanto será necessário ter em consideração em termos monetários para a sua compra.

Assim, para o 718 Boxster dito "normal", se é que esta classificação se pode aplicar a este desportivo ímpar, o preço proposto será de 64.433 euros, um valor que sobe para os 66.813 euros se optar pela caixa PDK de que falámos acima. Já em relação ao 718 Boxster S, e porque uma letra, neste caso o "S", pode fazer toda a diferença, estaremos perante um preço 82.046 euros na versão equipada com caixa manual, subindo este valor para os 83.311 euros também aqui se a preferência for para a caixa PDK.

Jorge Reis

Porsche718Boxster30Porsche718Boxster31

Porsche718Boxster32

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.