Salão de Paris revela os eléctricos de amanhã
Hoje é Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017

Salão de Paris revela os eléctricos de amanhã

Autonomia, mobilidade e conectividade são os termas por estes dias mais falados no certame Mondial de l'Automobile na cidade-luz

ParisMotorShow2016-11Está aí mais uma edição do Salão Automóvel de Paris — Mondial de l’Automobile —, um certame que faz a apologia dos carros eléctricos colocando em destaque a mobilidade , mas também a conectividade e a evolução contínua e por vezes velocíssima da tecnologia no mundo do automóvel.

PUB

Nesta edição de 2016, marcada pela ausência da Ford que prefere concentrar atenções nas corridas de Le Mans em detrimento do certame francês, a apresentação de modelos eléctricos de vários construtores com autonomias convincentes, ou de outros automóveis quase transformados em enorme smartphones com rodas nos quais a conectividade faz lei, surgem como os destaques nos pavilhões da Paris Expo na cidade-luz.

Os escândalos em redor das emissões que começaram por afectar a Volkswagen, no último ano, e que rapidamente foram apontados como existentes em redor de outros construtores, obrigaram agora as marcas a apresentar propostas “limpas” para um mercado que ainda procura respostas às dúvidas levantadas em redor da utilização do sofware  “batoteiro” revelado em Setembro de 2015 que adulterava os resultados das emissões.

A Volkswagen acabou assim por ser uma das primeiras marcas a fazer mea-culpa por ter adulterado os dados referentes às emissões dos seus motores diesel, anunciando agora a intenção de, até 2020, lançar uma família completa de carros eléctricos a partir daquele que foi o grande destaque da marca de Wolfsburgo no certame, o moderno I.D.

Trata-se esta proposta da Volkswagen de um modelo automóvel compacto eléctrico, com uma autonomia anunciada de mais de 600 quilómetros por cada carga completa nas baterias, as quais apresentam uma interessante solução de carregamento já que são recarregadas via wireless. O Volkswagen I.D., que os responsáveis do construtor germânico garantem que será tão marcante para a Volkswagen como foi o velhinho Carocha, poderá ser comandado através de um simples smartphone e apresenta ainda uma solução de espaço interior de nível superior, tudo isto inserido num plano da Volkswagen que pretende cumprir um volume de vendas de um milhão de unidades totalmente eléctricas até 2025.

ParisMotorShow2016-03ParisMotorShow2016-04ParisMotorShow2016-10

Em foco pela necessidade de “emendar a mão” e corrigir rumos depois do já referido escândalo das emissões surgido há pouco mais de um ano, a Volkswagen ganhou assim um protagonismo acrescido num certame em que apareceu a jogar “fora de casa”, lado a lado com marcas que puderam apresentar as suas propostas com o conforto de estarem perante o seu primeiro público. Falamos da Renault, mas também da Peugeot ou Citroen, marcas que irão ter nas duas próximas semanas nos pavilhões da Paris Expo espaços de exposição dos mais visitados neste certame.

Consciente disso mesmo, a Renault surge neste certame de Paris com um dos espaços de maior dimensão e mais impactantes onde o concept Trezor, mas também a mais recente geração do eléctrico Zoe, agora com ligeiras alterações no design e profundas melhorias na autonomia, isto porque passa dos 210 km para os 400 km.

Quanto aos outros construtores gauleses, a Peugeot apresenta neste certame três estreias mundiais — Peugeot 3008 e 5008 e ainda o Peugeot 3008 DKR —, numa clara ofensiva da marca no segmento dos SUV mas também na área desportiva com o 3008 DKR, responsável por carregar as principais ambições da Peugeot Sport na edição de 2017 do mítico Rali Dakar.

Já a Citroen, por entre o novo Citroen C3, claramente uma aposta que pretenderá alavancar as vendas da marca do duplo Chevron e que teremos oportunidade de experimentar numa apresentação dinâmica internacional agendada para o final do corrente mês, um modelo que está também na base do agora apresentado Citroen C3 WRC, com o qual o construtor pretende atacar de novo o Mundial de Ralis já em 2017, traz ainda a este certame da cidade-luz o concept Experience, um modelo “testável” numa qualquer X-box ao seu alcance e que ganha agora formas e volumetrias reais.

Outros construtores trazem a este certame as suas propostas como o novo Giulia Veloce da Alfa Romeo, o BMW X2, o Dacia Sandero, o Honda Civic ou o musculado Civic Type-R, também o renovado Kia Rio, o Land Rover Discovey, o concept Lexus UX, o concept Generation EQ da Mercedes-Benz que traz também o Vision Maybach 6 num certame onde estão também outras propostas como o novo Nissan Micra, ainda o novo Opel Ampera ou o Porsche Panamera, o Skoda Kodiaq, o Suzuki Ignis, ou ainda o novo Toyota C-HR.

ParisMotorShow2016-01ParisMotorShow2016-05ParisMotorShow2016-08

Sendo uma das maiores montras do automóvel a nível mundial, o Salão “Mondial de l’Automobile” de Paris terá as suas portas abertas até ao próximo dia 16, onde, para além da já referida Ford, também não estarão a Chevrolet, Aston Martin, Bentley, Rolls-Royce, Mazda, Lamborghini e Volvo. Entre os que estão, a aposta é claramente no eléctrico e a conectividade surge como factor determinante para o avanço do sector, interligada com todas as questões de condução e segurança.

Até dia 16 serão certamente muitos milhares, senão milhões, os cliques de máquinas fotográficas ou dos cada vez mais omnipresentes smartphones a registarem o que se irá mostrar nesta edição de 2016 do Salão de Paris, com imagens que muitas delas estarão ao nosso alcance à distância de um clique numa qualquer rede social, sejam divulgadas essas imagens pelas marcas, pela própria organização do certame, pelos inúmeros meios de Comunicação Social acreditados para o evento ou pelo simples visitante anónimo que, mais ou menos apaixonado pelo automóvel irá encher os pavilhões da Paris Expo nas duas próximas semanas.

Pela nossa parte, procuraremos trazer aqui aos espaços informativos do LusoMotores, mas também às nossas plataformas nas redes sociais, porventura uma ínfima parte dessas imagens com a informação respectiva que, esperamos, possa ser a mais significativa ou o mais perto disso para si que está desse lado e que gosta de automóveis tanto como nós. Esperamos ter sucesso nesta pretensão porque certamente faremos por isso.

texto: Jorge Reis
fotos: D.R. e reprodução ©Twitter

ParisMotorShow2016-02ParisMotorShow2016-06ParisMotorShow2016-09ParisMotorShow2016-00

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.