Peugeot DKR Maxi voltou a vencer no Silk Way Rally

Peugeot DKR Maxi voltou a vencer no Silk Way Rally

No final de um dia a todos os títulos complicado, o Peugeot DKR Maxi garantiu a terceira vitória em quatro etapas já disputadas

SWR-dia4-SLoeb02Continua por terras do Cazaquistão a edição de 2017 do Silk Way Rally, prova que disputou quarta etapa concluída com o terceiro triunfo conseguido pelo Peugeot DKR Maxi no final de um dia sem dúvida complicado em qua a prova decorreu sob condições apocalípticas. Ainda assim, o novo Peugeot DKR Maxi voltou a estar à altura das exigências e Sébastien Loeb e Daniel Elena assinaram nova vitória na Especial, com isso alargando a sua margem na frente da classificação geral neste prova na “rota da seda”. Já os seus  pares no “Dream Team” depararam-se com algumas complicações.

PUB

Stéphane Peterhansel perdeu mais de duas horas depois de ter capotado ao Km 43 da Especial. Após reparações rápidas feitas em conjunto com o seu navegador Jean-Paul Cottret, evitaram-se penalizações adicionais por atraso, atingindo a dupla a linha de chegada dentro do tempo regulamentar. Adotando um bom ritmo inicial, Cyril Despres e David Castera ficaram presos num buraco na primeira parte da Especial, de onde saíram graças à ajuda de outro concorrente. Perderam, com isso, 48 minutos para Loeb, terminando depois a etapa a um bom ritmo, e subiram ao 2º lugar da Geral.

Relativamente à etapa propriamente dita, já dentro do Cazaquistão, a quarta etapa do Silk Way Rally dividiu-se em duas longas e complexas seções, num dia que ficou marcado por chuvas torrenciais que transformaram as pistas em campos de lama, muito escorregadios. Muitos concorrentes tiveram problemas pela notável falta de aderência, incluindo duas das equipas Peugeot.

Segundo na estrada à partida da etapa, Stéphane Peterhansel foi o primeiro a parar ao quilómetro 43, tendo o vencedor do Dakar capotado numa zona assinalada como “Perigo 2” danificando o seu Peugeot DKR. Após 2h13m de reparações, a equipa completou a especial com um atraso total de 3h01m para o mais rápido.

SWR-dia4-SLoeb03SWR-dia4-SPeterhansel

Peterhansel e Jean-Paul Cottret ficaram assim longe de um lugar do pódio que antes ocuparam provisoriamente. Os mecânicos do Team Peugeot Total aguardam agora a chegada ao acampamento do Peugeot DKR n° 106, para uma avaliação dos danos sofridos.

Também Cyril Despres se viu surpreendido pelas condições extremas da estrada na primeira seção da Especial, saindo de pista e ficando preso num buraco ao Km 166. Um dos camiões em prova ajudou-o a voltar ao traçado e, de novo ao ataque, Despres, ajudado por David Castera, terminaria a Especial a um bom ritmo, para ascender ao 2º lugar da Geral.

Mantendo-se longe de problemas, Sébastien Loeb conta agora com 1h07m de vantagem no topo da Classificação Geral provisória. O seu Peugeot DKR Maxi assinou uma terceira vitória em quatro Etapas, resultado de grande satisfação para os engenheiros da Peugeot Sport, que demonstravam a sua confiança no potencial do seu novo carro de competição.

SWR-dia4-CDespres

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.