Renault subiu 10,4% nos primeiros seis meses

Renault subiu 10,4% nos primeiros seis meses

O Grupo Renault garantiu a nível internacional um recorde semestral das respectivas operações com 1,88 milhões de automóveis vendidos

RenaultKadjar01Um total de 1,88 milhões de automóveis vendidos no primeiro semestre de 2017, a que corresponde o crescimento de 10,4% num mercado que cresceu 2,6%, são os valores operacionais do Grupo Renault referentes ao primeiro semestre do corrente ano, cifras que resultam num recorde semestral garantido num período em que todas as marcas do Grupo aumentaram o volume e a quota de mercado. As marcas Renault e Dacia registaram um novo recorde de vendas num semestre, tendo a Renault sido a segunda marca mais vendida na Europa.

PUB

Num período em que todas as regiões do mundo cresceram em volume e em quota de mercado, a Renault pôde confirmar a sua ambição de crescimento do volume em 2017, sustentada numa gama renovada, no lançamento de novos modelos e no desenvolvimento das atividades nos mercados internacionais. Será importante referir que os números agora revelados pelo Grupo Renault referentes ao primeiro semestre e às respectivas vendas mundiais (Passageiros + Comerciais Ligeiros) incluem a marca Lada e permitiram que a quota de mercado do Grupo tenha atingido os 4,1% (+0,3 pontos face a 2016). 

O Grupo Renault, com um total de 1.879.288 unidades, e em particular as marcas Renault e Dacia, com, respectivamente, 1.343.320 e 332.845 unidades vendidas, garantiram um novo recorde de vendas, havendo ainda a registar que também as vendas da Renault Samsung Motors cresceram 12,5% enquanto que as da Lada aumentaram 12,2 %.

“Estabelecemos um novo recorde, com mais de 1,88 milhões de automóveis vendidos num semestre. Quer os volumes, quer as quotas de mercado aumentaram em todas as marcas e em todas as regiões. A nossa estratégia de renovação da gama e de expansão geográfica continua a dar frutos”, declara Thierry Koskas, membro do Comité Executivo e Diretor Comercial do Grupo Renault.

Na Europa, as vendas do Grupo continuaram a crescer (+5,6%) a um ritmo superior ao do mercado (+4,4%) e atingiram 1 025 146 unidades vendidas no primeiro semestre. A quota de mercado do Grupo na Europa foi de 10,8%, com um aumento de 0,1 pontos.

Em termos de marca, a realidade da Renault pautou-se pelo registo de um crescimento de 4,3%, tendo obtido uma quota de mercado de 8,2%. O Clio 4 foi o segundo modelo mais vendido na Europa e o Captur o líder do segmento. Já no mercado de veículos elétricos, a Renault manteve a liderança, com uma quota de mercado de 26,8%, tendo o Renault Zoe, o veículo elétrico mais vendido na Europa, registado um crescimento das vendas de 44%.

DaciaLoganMCVStepway04

Também a Dacia registou um recorde de vendas num único semestre na Europa, com 245.453 unidades matriculadas (+9,3%) e uma quota de mercado de 2,6%.

Fora da Europa, todas as regiões cresceram em volume e quota de mercado. As vendas do Grupo tiveram um incremento de 16,8%, num mercado que progrediu 3,4%. Na região África-Médio-Oriente-Índia, as vendas do Grupo cresceram 19,3%, para uma quota de mercado de 6,4% (+1,1 pontos). Já na região Eurásia, as vendas do grupo progrediram 8,6%, num mercado com um crescimento de 2,5%. A quota de mercado do grupo, que inclui as vendas da Lada, cresceu 1,4 pontos, estabelecendo-se nos 24,5 %.

Com a consolidação dos volumes da Lada, a Rússia tornou-se o 2º mercado mundial do Grupo. Na região Ásia Pacífico, as vendas cresceram 50,5%, num mercado que progrediu 3,6%. Na China, a Renault vendeu quase 36.000 automóveis (contra 9.771 no primeiro semestre de 2016), dos quais 21.000 foram do novo Koleos, lançado no final de 2016.

A Renault Samsung Motors progrediu 12,5 % na Coreia, num mercado que registou uma quebra de 4,2%, tendo a quota de mercado sido fixada nos 6,9 % (+1 ponto). Na região Américas, as vendas tiveram um aumento de 14,6%, num mercado que progrediu 8,3%. A quota de mercado foi de 6,5 %, com um crescimento de 0,4 pontos.

As perspectivas comerciais para 2017

E se o primeiro semestre de 2017 permitiu números assinaláveis para o Grupo Renault, o ano em curso deverá permitir que o mercado mundial registe um crescimento entre 1,5% e 2,5%, devendo o mercado europeu, tendo em conta as expectativas deste Grupo, crescer para uma progressão de 2%.

Assim, no segundo semestre, o Grupo Renault deverá continuar a tirar partido, na Europa, da gama renovada e, nos mercados internacionais, do dinamismo do Koleos na China, do Kaptur, Xray e Vesta na Rússia, QM6 e SM6 na Coreia do Sul e da nova gama SUV na América Latina. Neste contexto, o Grupo Renault confirma os objetivos comerciais para o ano de 2017, com a progressão das vendas e da quota de mercado na Europa e nos mercados Internacionais.

 

Total das vendas do Grupo (Passageiros + Comerciais Ligeiros) por região

 

Acumulado no final de junho*

 

2017

2016

% variação

França

368.002

361.664

1,8%

Europa ** (sem frança)

657.144

609.454

7,8%

Total França + Europa

1.025.146

971.128

5,6%

África Médio-Oriente Índia

249.081

208.708

19,3%

Eurásia

323.043

297.553

8,6%

Américas

181.566

158.460

14,6%

Ásia Pacífico

100.452

66.729

50,5%

Total sem França + Europa

854.142

731.449

16,8%

Mundo

1.879.288

1.702.577

10,4%

* Vendas

   

** Europa = União Europeia, Islândia, Noruega e Suíça

  

Total das vendas por marca

 

Acumulado no final de junho*

 

2017

2016

% variação

RENAULT

 

 

 

Veículos Passageiros

1.141.703

1.030.731

10,8%

Veículos Comerciais Ligeiros

201.617

193.300

4,3%

VP + VCL

1.343.320

1.224.031

9,7%

RENAULT SAMSUNG MOTORS

 

 

 

VP

52.776

46.917

12,5%

DACIA

 

 

 

VP

310.141

276.242

12,3%

VCL

22.704

21.368

6,3%

VP + VCL

332.845

297.610

11,8%

LADA

 

 

 

VP

144.836

130.243

11,2%

VCL

5.511

3.776

45,9%

VP + VCL

150.347

134.019

12,2%

RENAULT

 

 

 

VP

1.649.456

1.484.133

11,1%

VCL

229.832

218.444

5,2%

VP + VCL

1.879.288

1.702.577

10,4%

Os 15 principais mercados do Grupo Renault no final de junho 2017

 

 

Volumes  2017*

Quota Mercado VP+VCL 2017

(unidades)

(em % )

1

FRANÇA

368 002

26,96

2

RÚSSIA

201 065

27,98

3

ITÁLIA

122 339

9,99

4

ALEMANHA

115 977

6,04

5

ESPANHA

89 473

11,63

6

TURQUIA

75 130

18,73

7

BRASIL

73 416

7,40

8

IRÃO

68 365

9,77

9

REINO-UNIDO

66 974

4,21

10

ARGENTINA

57 711

13,32

11

ÍNDIA

57 201

3,29

12

COREIA DO SUL

52 882

5,97

13

BÉLGICA+LUXEMBURGO

50 313

12,58

14

CHINA

35 647

0,28

15

MARROCOS

35 365

41,86

*não inclui Twizy


Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.