Jeep é a nova marca do Grupo FCA Portugal

Jeep é a nova marca do Grupo FCA Portugal

A FCA junta a Jeep a um portfólio no qual, em Portugal, está hoje a Fiat mas também a Alfa Romeo, Abarth, Fiat Professional e Mopar

2017-09-08-13.23.20Esta sexta-feira, 8 de Setembro, ficará na história da marca Jeep em Portugal mas também da FCA Portugal (Fiat Chrysler Automobilies) que, a partir de agora, recebe oficialmente a Jeep , uma marca com história e prestígio que a "casa-mãe" aquiriu há algum tempo para o seu portefólio mas que vinha sendo representada em Portugal por um importador, o grupo Bergé. Agora, em evento especialmente preparado para o feito, a FCA Portugal apresentou a nova realidade desta marca à Imprensa mas também a parceiros e clientes, naquele que foi apontado como um importante ponto de viragem da FCA Portugal a partir do qual a Jeep passa a integrar o vasto portefólio de marcas representadas em Portugal pela FCA ao lado da Fiat, Alfa Romeo, Abarth, Fiat Professional e Mopar.

PUB

No tão agradável quanto “eclético” e verdejante espaço como é o permitido pelo Belas Clube de Campo, a FCA Portugal deu conta do rumo da Jeep agora alinhado com o que acontece nos restantes mercados europeus em que esta marca é representada pelo Grupo FCA. A par da Alfa Romeo, a Jeep será a marca premium do grupo, razão pela qual uma vasta reestruturação da Rede de Concessionários da FCA Portugal começou a ser executada há dois anos, em 2015, criando condições próprias para aquilo que é tido como um dos mais importantes pilares da integração da Jeep na FCA. Os volumes de vendas conseguidos até agora encontram-se aquém das novas ambições da marca, pelo que uma capilaridade geográfica diferente da actual tornou-se desde cedo um alvo de todas as atenções da FCA assim como a necessidade de expor os seus produtos de acordo com os seus públicos-alvo.

A nova Rede de Concessionários agora inaugurada e apresentada aos jornalistas por Artur Fernandes, o responsável máximo da FCA Portugal, passa a ser composta por 15 pontos de venda e 18 pontos de pós-venda, números que, em termos geográficos, permitiem uma cobertura nacional, tanto no continente como nas ilhas. A Jeep, tal como a Alfa Romeo, é a marca premium da FCA, pelo que as áreas de exposição das viaturas da marca ganharam características igualmente premium. Para tal foram criados showrooms exclusivos com uma imagem cuidada que pretende transmitir os valores da marca – liberdade, aventura, autenticidade, paixão – presentes em cada pormenor dos 3.000m2 de áreas de exposição.

Também a formação foi um dos pilares fundamentais da nova rede de concessionários, tendo sido formadas de raiz equipas de vendas e pós-venda assim como implementados novos processos comerciais específicos para a Jeep, garantido assim um atendimento de excelência ao cliente a partir de uma mudança que chega a Portugal "no momento certo”. Depois da crise económico-financeira ter obrigado à reestruturações do Grupo em toda a Europa, Portugal não ficou imune às necessárias alterações organizativas e, em consequência das alterações criadas, a FCA Portugal permaneceu uns anos dependente da FCA Espanha. A situação terminou em 2015, altura em que os quadros da FCA Portugal passaram a concentrar-se exclusivamente no mercado português, iniciando-se por essa altura os preparativos para a chegada da nova marca, uma preparação que culmina agora com o evento deste dia 8 de Setembro.

2017-09-08-10.57.402017-09-08-10.59.582017-09-08-11.01.362017-09-08-11.11.38

Com os produtos Jeep integrados num segmento de mercado cada vez mais interessante, o segmento dos SUV que, em Portugal, cresceu no ano completo de 2016 em 32%, num mercado que cresceu no mesmo ano 16%, as expectativas da FCA Portugal são naturalmente elevadas. Afinal, os modelos SUV representam em Portugal sensivelmente 20% do mercado total.

Já no que diz respeito à realidade na Europa, a tendência também é notável. Em 2016 a JEEP bateu recordes de vendas por cinco anos consecutivos, tendo comercializado 1.401.321 unidades, ultrapassando o milhão de unidades pelo terceiro ano consecutivo. Já primeiro semestre do corrente ano de 2017, a Jeep vendeu 53.948 viaturas, mantendo a sua quota europeia estável.

Olhando para a realidade da marca através dos diferentes modelos actualmente em comercialização, o Jeep Renegade, primeiro SUV criado em parceria entre Itália e os Estados Unidos da América, consolidou a liderança no seu segmento com as vendas a crescerem 4,9% face ao primeiro semestre de 2016. A chegada do novo Jeep Compass, que o LusoMotores teve já oportunidade de conhecer, deverá contribuir para um crescimento ainda maior, em Portugal a partir de Outubro deste ano, altura em que este Compass passará a estar disponível na redes de concessionários da marca.

2017-09-08-11.11.502017-09-08-11.12.262017-09-08-11.12.292017-09-08-11.14.05

Na apresentação da nova realidade da Jeep agora efectivamente integrada na FCA Portugal, Artur Fernandes, o director geral da empresa, destacou a forma como os empresários responsáveis pelos concessionários que agora foram revelados abraçaram o desafio de investir milhões nos seus espaços com vista a permitir para a marca um espaço adequado ao estatuto premium que a Jeep pretende evidenciar dentro do portefólio de marcas da FCA.

Curiosamente, aquele elevado investimento foi feito quando um pouco por toda a Europa são apontadas metas para a extinção de modelos automóveis equipados com motores de combustão, não tendo a Jeep ainda qualquer incursão nos seus modelos relativamente a novas tecnologias, nomeadamente com modelos eléctricos que poderão vir a integrar as propostas da Jeep após 2010, como adiantou Dante Zilli, presidente da Jeep para a região EMEA (Europe, Middle East and Africa).

Dante Zilli, aliás, considerou mesmo ser este o melhor momento para a integração da Jeep no seio da FCA Portugal, “não só pela melhoria das condições económico-financeiras do País que os dados oficiais transmitem, como pelo bom momento que o sector automóvel atravessa, em particular o segmento em que os produtos Jeep se inserem.”

2017-09-08-11.14.592017-09-08-11.15.412017-09-08-11.16.152017-09-08-12.08.09

Uma marca com História

Contar a história que relaciona a gama Jeep de hoje ao primeiro 4x4 original de 1941 significa navegar em algumas das páginas mais lendárias da indústria automóvel moderna. Tudo começou em 1941 com a produção do imparável Willys-Overland MB, modelo que teve uma presença activa durante a II Guerra Mundial para a qual foi construído. Em 1945, no final da guerra, foi transformado no primeiro Jeep não-militar chamado CJ-2A ("CJ" significava Civilian Jeep), acabando por se tornar no primeiro veículo off-road moderno.

A lendária marca dos EUA também foi pioneira no segmento SUV (Sport Utility Vehicle) quando, em 1946, o Willys Wagon iniciou a sua comercialização (a versão de tracção às quatro rodas remonta a 1949). Desde então, a Jeep liderou a evolução desta categoria ao introduzir inovações, como o Jeep Wagoneer, precursor do Grand Cherokee de hoje, que criou o segmento "Premium Large SUV" em 1963. As peculiaridades deste modelo incluíam uma transmissão automática (equipada pela primeira vez com tracção integral 4x4) e um chassis moderno e funcional adequado tanto para ruas da cidade como para fora de estrada.

Duas décadas depois, em 1984, chegava o Jeep Cherokee para permitir nova categoria de SUV. O novo chassis permitiu uma maior rigidez, diminuição considerável do peso e eficiência de combustível melhorada, num salto qualitativo que voltou a ser dado pela Jeep em meados de 1992 com a primeira geração do Grand Cherokee, que ao longo dos anos viria a definir o novo padrão de referência em termos de estilo, qualidade e desempenho no segmento SUV Premium.

Os diferentes modelos Jeep continuaram a ser aperfeiçoados ao longo das próximas três gerações com novas características tecnológicas para aperfeiçoar as capacidades de movimentação on-road e off-road e alcançar elevados níveis de excelência.

2017-09-08-12.53.332017-09-08-12.54.462017-09-08-12.54.552017-09-08-12.55.01

Outro marco da Jeep surgiu em 2007 com o lançamento do Wrangler Unlimited — lançado pela primeira vez em 1987 e actualmente na sua terceira geração —, descendente directo do original Willys-Overland de 1941 e o que melhor expressa os mais autênticos valores Jeep. O sucesso do modelo resultou de diversos factores, mas principalmente do seu estilo vocacionado para a personalização, conforme ficou demonstrado pela sequência de versões especiais, algumas em edição limitada, que foram lançadas ao longo dos anos.

Ainda a propósito de momentos-chave da história da Jeep, referência ao ano de 2013, altura em que o deslocamento do eixo traseiro — projectado para reduzir a energia desperdiçada quando o modo 4x4 não está em uso — estreou pela primeira vez no segmento "tamanho médio SUV" no Jeep Cherokee. O novo Cherokee, aliás, foi também o primeiro "SUV médio" a equipar uma transmissão automática de nove velocidades para proporcionar excelente desempenho, baixas emissões e eficiência de combustível melhorada.

Um novo capítulo da lendária história da marca foi aberto em 2014 com o lançamento do Renegade, o primeiro Jeep a entrar no cada vez mais relevante segmento "Pequenos SUV". Construído em Itália e vendido em mais de 100 países em todo o mundo, o Jeep Renegade foi o primeiro de sua categoria a equipar uma transmissão automática de nove velocidades para desempenho superior tanto em pista como fora de estrada. Foi também o Renegade o primeiro SUV do seu segmento que permite a desconexão do eixo traseiro combinado com o 4x4 Jeep Active Drive de última geração e o Jeep Active Drive Low.

Em 2017 foi lançado o novo Jeep Compass, de que falámos acima e que começará a ser comercializado em Portugal a partir de Outubro, um SUV compacto totalmente novo que oferece uma enorme capacidade 4x4 apontada pelos responsáveis da marca como “insuperável”, para uma dinâmica de condução de classe mundial e um design Jeep distintivo.

2017-09-08-13.20.532017-09-08-13.21.012017-09-08-13.22.382017-09-08-13.22.44

A gama Jeep em Portugal

A gama de propostas da Jeep em Portugal é constituída neste momento pelo Renegade, Cherokee, Grand Cherokee e Wrangler, sendo que em Outubro de 2017 será lançado o Compass no mercado português, num conjunto de modelos que, cada um à sua maneira, vem colocar a fasquia do off-road e do divertimento de condução sempre um pouco mais alto, um subir de fasquia que tem vindo a acontecer, afinal, desde 1941.

O Jeep Renegade é um icone que faz parte desta estirpe mantendo sempre a grelha de sete aberturas. Desenhado para a cidade e criado na natureza, oferece, em simultâneo, performances inigualáveis, tecnologia de excelência e uma personalidade corajosa e irreverente. É moderno e contemporâneo até ao mais ínfimo pormenor.

Nascido com o mais genuíno ADN da marca Jeep, o Cherokee eleva a fasquia a níveis superiores de comportamento em estrada, estabilidade e economia com capacidades 4x4 no topo da categoria e tecnologia de primeira linha. Dirigido a quem procura forma e substância. Dimensionado para progredir em qualquer terreno com requinte e destreza, o Cherokee vai a todo o lado. Projectado para se destacar em todo-o-terreno, concebido para superar qualquer situação, o Cherokee convida o aventureiro que há em cada um de nós a sair e explorar o melhor de todos os mundos.

2017-09-08-13.23.252017-09-08-15.50.522017-09-08-15.51.202017-09-08-15.51.28

Ainda nas propostas da marca, encontramos o Wrangler, claramente o ícone do espírito pioneiro e da liberdade. O actual Wrangler nasceu assente em toda a experiência da marca, pronto para viver novas aventuras onde quer que deseje ir: ligar-se a tudo o que há muito procura, assumir um ponto de vista diferente e mergulhar no inesperado. O Wrangler, aliás, foi construído para resistir e estar sempre ao lado do condutor mais aventureiro, levando-o a novas alturas, permitindo-lhe progredir, sonhar e poder ter o comando nas mãos por forma a conseguir ter todo um mundo a seus pés.

Antes da chegada do Compass, surge como topo da oferta na marca o Jeep Grand Cherokee, um modelo que evoluiu e surge com uma nova estética ainda mais assertiva: desde a faixa frontal atualizada até à grelha, e ainda com mais elementos premium, que vão da tecnologia à performance. Uma ampla gama que agora inclui o novo jeep Grand Cherokee Trailhawk.

reportagem: Jorge Reis

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.