A Nissan acaba de anunciar a aquisição de uma participação na e.dams, uma organização vencedora de campeonatos, e reforçando assim o seu comprometimento com o campeonato de provas urbanas elétricas de Fórmula E ABB da FIA, antes da estreia da companhia nesta competição. Ao juntar-se à Fórmula E, a Nissan - líder mundial em automóveis elétricos, com mais de 350.000 Nissan LEAF vendidos - torna-se no primeiro fabricante automóvel japonês a participar nesta inovadora série.

O programa da Nissan para a Fórmula E irá demonstrar uma nova "faceta de desempenho" da Mobilidade Inteligente da Nissan - a visão da empresa para mudar a forma como os automóveis são alimentados, conduzidos e integrados na sociedade.

Sedeada em Le Mans, França, e cofundada por Jean-Paul Driot, a organização e.dams emergiu da DAMS, uma empresa líder durante mais de 30 anos na competição europeia de automóveis desportivos e de monolugares. Na sua anterior parceria com a Renault, a parceira da Aliança da Nissan, a e.dams ganhou o Campeonato por equipas nas três primeiras temporadas da Fórmula E. Também detém os recordes de maior número de vitórias e de "pole positions".

Nissan FormulaE eDams 02

“Para a primeira experiência da Nissan na Fórmula E, faz sentido estabelecer uma parceria com a e.dams e poder assim aproveitar a experiência desta organização para alcançar vitórias, em provas e em campeonatos”, afirmou Roel de Vries, vice-presidente Executivo e Diretor Global de Marketing e Estratégia de Marca da Nissan segundo o qual “o nível de competição na Fórmula E será ainda mais intenso na quinta temporada, com um automóvel e um grupo motopropulsor novos, concebidos propositadamente para a série.”

Por seu turno, Jean-Paul Driot comentou: “Com a nossa nova parceira Nissan, aguardamos entusiasticamente pelos novos desafios que temos pela frente. Estamos muito orgulhosos da nossa história na Fórmula E e estamos ansiosos por escrever novas páginas no livro da história da série, com a nossa nova parceira e com o novo automóvel.”

A Nissan e a e.dams já começaram a testar o novo automóvel de Fórmula E, o "Gen2", que proporciona mais potência e autonomia e elimina a necessidade de trocar de automóvel a meio da prova, o que era uma característica da Fórmula E nas quatro primeiras temporadas.

Pin It