A Bosch já apresentou um sistema para localização de veículos desenvolvido com contributo de engenheiros portugueses, assente sobre a utilização de um sensor de movimento e posicionamento da Bosch que determina de forma fiável a posição exata do veículo.

Este desenvolvimento resulta da convicção da Bosch segundo a qual a condução autónoma é mais do que apenas sensores, unidades de controlo e muita capacidade de computação, requerendo igualmente uma série de serviços inteligentes sem os quais nenhum veículo jamais será capaz de assumir a condução autónoma.

Em redor deste tema, Portugal está, desde 2015, envolvido no desenvolvimento do sensor de posicionamento e movimento do veículo, tendo cerca de 25 engenheiros do centro de Tecnologia e Desenvolvimento em Braga sido responsáveis pelo desenvolvimento de hardware e pelas primeiras amostras funcionais para prova de conceito.

A equipa, que deverá chegar aos cerca de 35 elementos, está atualmente a trabalhar no hardware e software do novo sensor de movimento e posicionamento do veículo que, segundo Hernâni Correia, Team Leader para o projecto VMPS em Portugal, “permitirá que o carro autónomo saiba onde está, a qualquer momento e em qualquer lugar, com uma precisão muito maior do que os sistemas de navegação existentes.”

InstagramLM Botao 

Pin It