Já lá vai o tempo em que falar de Mini era sinónimo de um pequeno utilitário de dimensões reduzidas que faziam justiça ao nome do automóvel. Hoje, a Mini, sempre com um chassis de irrepreensível qualidade para um comportamento assinalável, propõe variantes nas carroçarias e nas motorizações, permitindo mesmo uma motorização híbrida no modelo Countryman, o único Mini à venda com um motor “composto”.

Estamos assim perante um Mini equipado com um motor 1.5 litros a gasolina com 136 CV e 220 Nm, acoplado a um motor eléctrico com 88 CV e 165 Nm de binário. Deste modo, temos para o Countryman E 4ALL 224 CV e 385 Nm, com carregamento externo da bateria de 7,6 kWh para uma autonomia em modo elétrico até 42 km.

Aproveitando o excelente chassis do Mini já referido, apenas o peso de 1660 kgs o tornou um nadinha mais preguiçoso em curva, apresentando uma velocidade máxima de 198 km/h e aceleração 0-100 km/h em 6,8 segundos com um consumo anunciado de 2,1 l/100 km. Quanto a preços, o Mini Countryman e ALL4 Steptronic é proposto por 40.850 euros.

©LusoMotores/Consilcar Magazine

Mini Countryman eALL4 02

InstagramLM Botao 

Pin It

Notícias Relacionadas