A marca nipónica será a rainha dos modelos híbridos pois continua a abandonar os motores diesel por troca com as unidades híbridas com motor de combustão interna a gasolina com ciclo Atkinson e motor elétrico.

Deste modo, a Toyota permite a unidade híbrida assistida por baterias de níquel cádmio para as versões sem carregamento externo e de iões de lítio quando em variante Plug-In.

Toda a gama da marca nipónica (exceção feita ao Aygo, GT86 e Land Cruiser) tem pelo menos uma versão híbrida, nomeadamente no pequeno Yaris, com preços de acesso nos 18.797 euros, também no Auris, no Prius híbrido, Prius+ com sistema híbrido ou Prius Plug In, este o mais caro nos 41.386 euros, ou ainda nos SUV CH-R Hybrid (28.626 euros) e RAV4 Hybrid (40.197 euros).

©LusoMotores/Consilcar Magazine

Pin It