A marca sueca tem vindo a renovar a sua gama, reforçando a tónica na segurança e na redução da sinistralidade rodoviária, mas apontando atenções para a componente ambiental. Assim, mantendo a lógica de oferecer, apenas, motores com quatro cilindros e dois litros de cilindrada, a Volvo criou duas unidades híbridas conhecidas como T6 e T8 com tecnologia “Plug In” de carregamento externo da bateria.

O mais recente modelo da gama, a belíssima carrinha V60, oferece os modelos T6 e T8, embora em Portugal só esteja disponível, para já, na versão T6, com 341 CV e 590 Nm de binário para performances fantásticas: 0-100 km/h em 4,6 segundos e velocidade máxima de 250 km/h.

Graças à bateria de 10,4 kWh tem uma autonomia elétrica de 45 km e exibe consumos de 2,2 l/100 km, com preços que iniciam nos 57.000 euros. Já o XC60 oferece o T8 com 407 CV, um motor de 2.0 litros com 320 CV e um motor elétrico com 87 CV, sendo o binário combinado de 640 Nm. A bateria permite uma autonomia eléctrica de 45 km para um preço a partir dos 67.719 euros.

A dupla S90 e V90 (berlina e carrinha) também oferecem a versão híbrida “Plug In” T8 exatamente igual à do XC60, começando os preços do S90 nos 72.728 euros, isto enquanto que no V90, com os mesmos níveis de equipamento, os preços começam nos 72.383.

Por fim, a gama híbrida “Plug In” da Volvo fica encerrada com o grande SUV XC90, equipado com o sistema híbrido T8 com 407 CV, bateria de 9,2 kWh e uma autonomia de 45 km em modo elétrico, com preços desde os 84.332 euros.

©LusoMotores/Consilcar Magazine

Volvo XC60 Plug in

InstagramLM Botao 

Pin It