A Ford acaba de anunciar a intenção de intensificar os preparativos para transferir a sua produção para fora do Reino Unido, onde emprega actualmente cerca de 13 mil funcionários. Para tal, e de acordo com notícias adiantadas pelo jornal britânico “The Times”, a Ford terá já informado a primeira ministra Theresa May de que está a avaliar locais alternativos para as suas fábricas.

O construtor automóvel terá assim dado conta a Theresa May que todas as opções estão em cima da mesa, incluindo uma transferência da produção do Reino Unido para outro país europeu, caso se concretize um “Brexit” sem acordo entre a União Europeia e o Reino Unido, situação que pode ter um custo para a empresa americana de 800 milhões de dólares.

Será importante dar conta de que o alerta da Ford surge depois de a Nissan ter anunciado o cancelamento dos planos para construir um novo modelo na fábrica do construtor nipónico de Sunderland, uma decisão atribuída em parte à incerteza do ‘Brexit’.

Pin It