Depois das versões Cup e GT4, a Alpine enriquece o portfólio de competição-cliente com o A110 Rally, modelo que será apresentado oficialmente esta semana, durante o Rallye Mont-Blanc Morzine, a decorrer entre os dias 5 e 7 de Setembro. Com tracção às duas rodas, o Alpine A110 Rally destina-se a equipas e a pilotos privados, estando disponível para compra no final do ano, tendo despertado a curiosidade e o interesse de equipas, pilotos e entusiastas do automobilismo, logo desde que a sua chegada foi anunciada no passado mês de Maio.

Projectado e desenvolvido pela estrutura da Signatech sob supervisão da Alpine, a versão de ralis do Alpine A110 é baseada no ultraleve e ágil chassis de alumínio do Alpine A110 GT4 e A110 Cup, derivados do A110 de produção em série. Estamos assim perante uma versão que recebeu modificações adicionais importantes para dar resposta às especificidades da disciplina dos ralis. Entre elas, destaque para a suspensão hidráulica de três vias, para os novos travões Brembo, bem como para elementos de segurança particulares como a "roll cage" homologada pela FIA e as bacquets e cintos de segurança de seis apoios da marca Sabelt.

190905 AlpineA110Rally 02

190905 AlpineA110Rally 03

190905 AlpineA110Rally 04

190905 AlpineA110Rally 05

Especifícações Técnicas

Motor:
1.8 litros turbo com + 300 cv

Transmissão:
Tracção traseira. Caixa de 6 velocidades sequencial, com patilhas no volante. Diferencial Autoblocante.

Controle de Tracção:
Ajustável

Travões:
Brembo, com Sistema ABS Bosch Motorsport
Cockpit:
Armadura de Segurança (Roll Cage) homologada pela FIA.
Bacquets Sabelt com cintos de segurança de seis apoios.
Reservatório de Combustível:
Com 65 litros e homologação FIA FT3
Opções e Acessórios
- Computador de aquisição de dados (telemetria)
- Pintura Alpine Blue
Preço
A partir de 150.000€ (sem impostos e sem opções), sujeito a homologação do carro.

No plano técnico, a par da caixa de seis velocidades sequencial e do diferencial autoblocante, o motor, com quatro cilindros e 1,8 litros de cilindrada, apresenta-se como um dos maiores trunfos do A110 Rally, tendo sido desenvolvido especificamente para os ralis. Para além da otimização do binário, a potência ascende agora a mais de 300 cavalos! 

Após um produtivo teste inicial no circuito francês de Lurcy-Lévis, o Alpine A110 Rally começou já um intenso programa de desenvolvimento (com os pilotos Emmanuel Guigou – campeão de França de ralis na categoria de duas rodas motrizes –, e Laurent Pallier – campeão francês da categoria "Junior"), que tem como objectivo melhorar as capacidades dinâmicas, optimizando igualmente a fiabilidade e definindo as configurações básicas, que, à posteriori, poderão ser aprimoradas pelos pilotos e equipas. 

O objectivo deste plano de desenvolvimento, onde outros pilotos também participarão, tem também como propósito tornar o Alpine A110 Rally mais fácil de conduzir, mais versátil e mais acessível, tanto para experimentados como para jovens pilotos ou "gentleman drivers", ávidos de explorar a eficiência e prazer de condução proporcionados por esta verdadeira máquina de ralis.

Em simultâneo com o programa de desenvolvimento, a Signatech e a Alpine estão a trabalhar em colaboração com a FFSA (Federação Francesa do Desporto Automóvel) para a homologação do Alpine A110 Rally na categoria "FIA R-GT", um processo que deverá estar concluído nas próximas semanas, abrindo o caminho para a comercialização do modelo que tem as primeiras entregas a clientes previstas para o início de 2020. Para já, o mais recente membro da família de competição da Alpine estará em exposição no próximo fim-de-semana, na sexta ronda do campeonato de ralis francês, o Rallye Mont-Blanc Morzine.

Segundo Régis Fricotté, Director Comercial de Competição da Alpine, "este regresso aos ralis é feito com o mesmo espírito com que a Alpine fez história no primeiro Campeonato do Mundo de Ralis, em 1973”. “Para assegurar o sucesso desta nova aventura, confiámos a pesquisa, desenvolvimento, produção e comercialização do Alpine A110 Rally à Signatech, nosso parceiro também no Campeonato do Mundo FIA de Resistência, com os programas do modelo Cup e GT4. O Alpine A110 Rally parece ser um automóvel muito bom de pilotar e incrivelmente eficiente.”

190905 AlpineA110Rally 08

190905 AlpineA110Rally 07

190905 AlpineA110Rally 09

190905 AlpineA110Rally 10

Já Philippe Sinault, Director da Signatech, reconhece ser "uma grande honra para a Signatech ter sido escolhida para um projeto tão entusiasmante que fará regressar a Alpine aos troços de ralis”. “Toda a nossa experiência foi chamada para dotar o Alpine com as especificações certas e os primeiros testes foram extremamente positivos. O A110 Rally demonstra qualidades de um verdadeiro carro de ralis, dando muito prazer, sem comprometer as prestações. Ainda temos muito trabalho pela frente antes de construir os primeiros automóveis, mas a primeira aparição pública do Alpine marca um novo passo neste excitante desafio.”

Este excitante Alpine A110 Rally está acessível acessível a quem quiser gastar qualquer coisa como 150 mil euros, um valor que deverá ser considerado como um ponto de partida já que deverão ser considerados ainda os impostos e os itens opcionais como damos conta no quadro anexo. Estará interessado neste potenciador de adrenalina?

©LusoMotores

190905 AlpineA110Rally 11

190905 AlpineA110Rally 12

190905 AlpineA110Rally 13

190905 AlpineA110Rally 14

190905 AlpineA110Rally 15

190905 AlpineA110Rally 16

Pin It