Em período de relançamento de economia a nível global depois da paragem imposta pela pandemia da Covid-19, a Citroen apostou esta terça-feira no lançamento a nível mundial do novo Citroen C4, na versão convencional mas também enquanto ë-C4 enquanto veículo 100% eléctrico, naquilo que os responsáveis da marca francesa do grupo PSA definem como a reinvenção da berlina compacta.

Numa apresentação digital que reuniu mais de 2.000 jornalistas no evento, o novo modelo Citroen C4 foi assim revelado com uma identidade 100% Citroen, com uma secção dianteira muito idêntica à realidade que vinha já a ser traçada pelos modelos C3, C3 Aircross e C5 Aircross, mas com uma secção traseira em que retoma o efeito hatchback mesmo considerando que estamos perante um modelo que mantém a inspiração de um SUV crossover.

Certo é que em 2020, a Citroen pretende tornar a eletrificação acessível a todos com o lançamento de seis veículos. Ao apresentar o novo ë-C4 - 100 % ëlectric e o novo C4, a marca prossegue a sua ofensiva elétrica e escreve um novo capítulo da sua história no território das berlinas, agora com uma berlina compacta reinventada que responde às expetativas do segmento, com uma identidade 100% Citroën.

Em termos de design, este novo Citroen C4 assume uma etapa importante, apresentando-se com uma postura elevada assente em rodas de grande diâmetro, uma silhueta enérgica e aerodinâmica, integrando os códigos de um SUV numa personalidade forte que proporciona diversas possibilidades de personalização.

E porque a viragem do mercado global no sentido de uma mobilidade limpa é tendência inegável, este modelo Citroen apresenta-se também enquanto ë-C4 - 100% ëlectric, o 5º elemento da ofensiva eléctrica da Citroen após os modelos SUV C5 Aircross Hybrid, Ami, ë-Jumpy e ë-SpaceTourer. Ainda assim, e porque não poderia ser de outro modo por forma a poder ser considerado no mercado como uma aposta global no segmento em que se insere, o novo C4 está também disponível a gasolina ou diesel.

No interior, o conforto pretende reunir todas as vantagens do programa Citroën Advanced Comfort para um maior conforto, com as suspensões Citroën de Batentes Hidráulicos Progressivos, os bancos Advanced Comfort ou, em estreia mundial, o Smart Pad Support Citroën. Pretende assim o construtor gaulês permitir o que promete ser uma experiência de conforto reforçada pelas 20 tecnologias de ajuda à condução, incluindo o Highway Driver Assist, dispositivo de condução semiautónoma de nível 2 e as 6 tecnologias de conectividade. Todos estes argumentos surgem agora reforçados no novo ë-C4 – 100% ëlectric com o silêncio da sua experiência ë-Confort.

Os novos C4 e ë-C4 - 100% ëlectric, formam a 10ª geração de berlinas compactas Citroën que marcaram as respetivas épocas através do seu conforto e carácter, devendo este modelo estar disponível no mercado nacional no final do corrente ano ou, em função da evolução da procura, eventualmente no arranque de 2021.

LusoMotores

Pin It