Na nova geração do Renault Espace, falar do sistema 4Control é o mesmo que falar de quatro rodas direcionais, a propósito do qual o construtor recorda que não será de mais sublinhar a mais valia da tecnologia do ponto de vista do conforto de condução (nomeadamente nas manobras de estacionamento), mas também da segurança e do prazer do condutor em estrada. Nesse sentido, recorde-se que, sempre que o Renault Espace rodar até 50 km/h, as rodas traseiras virarão no sentido oposto ao das rodas dianteiras para que o diâmetro de viragem (de 11,1 metros) rivalize com um citadino. No fundo, uma agilidade e uma manobrabilidade acrescidas para um automóvel com quase cinco metros de comprimento.

Já a uma velocidade superior aos 50 km/h, as rodas traseiras viram no mesmo sentido que as rodas dianteiras. Ou seja, mais aderência e segurança, mas também uma maior precisão de condução para um automóvel que pode ultrapassar os 1.800 quilos de peso. Mas há mais argumentos técnicos que justificam a estabilidade e o conforto assinaláveis do Renault Espace, isto porque para além da qualidade da plataforma, referência para o amortecimento pilotado, uma tecnologia patenteada pela Renault que assenta na capacidade dos amortecedores se adaptarem a variáveis como o estado da estrada, as condições dinâmicas, as ações na direção, ao modo de condução selecionado e outros, e isto numa fração de tempo que pode chegar à centena de vezes por segundo.

Renault Escape 2020 09

Renault Escape 2020 10

Outra das novidades do Renault Espace é o facto de ser reforçado com sistemas de ajuda à condução (ADAS) de última geração, com destaque para os que atingem o nível 2 da condução autónoma. É o caso do sistema de Assistência na Condução em Autoestrada e Trânsito, que combina o regulador de velocidade adaptativo (dotado da função de paragem e arranque automáticos Stop & Go) com o assistente de condução de centragem na via, que funciona, também, em curva. Este equipamento, que regula a velocidade entre os 0 e os 160 km/h e conserva as distâncias de segurança relativamente aos veículos que circulam à frente, permite que o automóvel pare e arranque, automaticamente, no prazo de três segundos, sem que seja necessária qualquer ação por parte do condutor.

Já o Advanced Park Assist permite efetuar manobras de estacionamento de forma automática: basta que o condutor engrene a velocidade e dê um primeiro impulso; depois, deixa de ser necessário controlar o volante, a aceleração ou a travagem. Esta tecnologia funciona para o estacionamento em paralelo, na perpendicular e em espinha.

O alerta de obstáculo traseiro indica ao condutor que há veículos a passar na sua trajetória, quando está a sair do estacionamento. Os radares, com uma cobertura de 180°, detetam a presença de veículos e acionam um alerta sonoro, complementado pela imagem da câmara de marcha-atrás. Depois, e ainda no domínio da segurança, ainda destaque para o sistema de travagem de emergência ativa (AEBS), agora também com um sistema de deteção de peões; para o alerta de transposição involuntária de via (Lane Departure Warning), complementado pelo sistema de assistência na transposição involuntária de via (Lane Keeping Assist); bem como para os alertas de sonolência, de ângulo morto e de excesso de velocidade, com reconhecimento dos sinais de trânsito.

SAIBA MAIS SOBRE...

- Renault Espace
- Espaço Interior
- Motores Diesel e a Gasolina

Renault Escape 2020 16

Renault Escape 2020 07

LusoMotores

Pin It