Quem a viveu garante que a 9ª edição da Aventura Dacia, realizada no último fim de semana, foi um evento diferente e singular mas com o mesmo sucesso de outros anos, ou porventura até mais, dizemos nós, porque permitiu à organização a cargo do Clube Escape Livre, da Dacia e o Grupo Renault ultrapassar contrariedades nunca antes sequer imaginadas garantindo um evento seguro e dinâmico relativamente ao qual, e dentro das condicionantes, o balanço final foi muito positivo.

Menos viaturas e participantes, mais cuidados e normas, alteração de regras e até de percursos de última hora, mas acima de tudo, a mesma boa disposição de outros anos e a tranquilidade de percorrer uma região cheia de atrativos, também a adrenalina de subir e descer caminhos desafiantes e a alegria e diversão sempre presentes no encontro anual dos aventureiros Dacia, assim se passou um fim-de-semana sem dúvida diferente na zona centro do país.

Aventura Dacia 0228

Nesta 9ª Aventura Dacia, 25 equipas e um total de 60 participantes avançaram assim para um encontro, este ano com inscrições limitadas, que começou em Penela, no Duecitânia Design Hotel, de inspiração romana. No fim de semana de 11 a 13 de setembro, os Duster 4x2 e 4x4 e Sandero Stepway tiveram alguns desafios pela frente, desde logo ao verem alterado o seu percurso inicial devido à Declaração de Alerta por risco de incêndio. 

Esta situação, que no mesmo fim de semana chegou a cancelar também na região centro do país uma prova que permitiria o regresso do Campeonato de Portugal de Todo Terreno, , na região de Proença-a-Nova foi, em parte, ultrapassada neste evento da Dacia e do Clube Escape Livre com instruções do ICNF e a colaboração das Câmaras Municipais de Penela e Lousã, pelo que o programa foi cumprido na sua quase totalidade, não desvirtuando um percurso que mostrou o melhor da paisagem dos concelhos percorridos sem em total segurança e, porque também é particualrmente importante, com uma pegada ecológica à sua passagem o mais limpa e incólome possível. 

Aventura Dacia 0207

Na noite de sexta feira, a subida ao castelo de Penela e a visita guiada, em pequenos grupos, dirigida pelo historiador Mário Duarte, foi um momento muito apreciado por todos. Depois, no sábado, os participantes cumpriram a subida à capela de S. João do Desterro e à praia fluvial da Louçainha, subiram ao Alto de Trevim e à ermida de Sto. António da Neve com os seus antigos neveiros, e passaram ainda nas Aldeias de Xisto.

As famosas formações geológicas “Buracas do Casmilo” foram igualmente apreciadas no domingo, assim como a visita aos castelos de Soure e Montemor-o-Velho, seguindo-se os percursos pelos arrozais de Montemor. E no final, na Quinta do Mourão, em Tentúgal, a família Dacia pôde novamente confirmar a qualidade e a generosidade dos sabores desta região, no almoço de encerramento.

Aventura Dacia 0826

Ricardo Oliveira, diretor de Comunicação e Imagem do Grupo Renault, sublinhou “a importância de manter, nestes tempos especiais que vivemos, uma certa normalidade, daí a realização deste passeio, para que não nos esqueçamos de tudo aquilo que é a nossa vida”. “Agradecer a todos os que marcaram presença e obviamente ao Clube Escape Livre, pois se já é uma organização normalmente complexa, esta, devido às condições de risco de incêndio e ao que hoje é preciso garantir em termos de segurança das pessoas, tornou-se anda mais complexa e mais uma vez foi uma tarefa cumprida exemplarmente pelo Clube Escape Livre. Esperamos agora que em 2021, para a 10ª Aventura Dacia, já possamos ter a normalidade que conhecemos.”

Por seu turno, André Bettencourt, diretor da Bridgestone, e Mário Mendes, diretor da First Stop, também marcaram presença ao volante dos modelos Duster da Dacia, com o primeiro a fazer questão de, “acima de tudo, dar os parabéns ao Clube Escape Livre e a todos os participantes que aceitaram este fim de semana a respeitar as regras que temos que cumprir e mostrar que a mobilidade é isto mesmo: ir do ponto A ao ponto B, neste caso com um veículo como o Dacia Duster, e com pneus, o elemento que nos permite rolar em segurança”.

“Foi um fim de semana também a ajudar o país a rolar, a ajudar hotéis, restaurantes e museus, e por isso um fim de semana extraordinário, mais uma vez com a excelente organização do Clube Escape Livre, em que nos vimos todos com máscaras, diferentes do habitual. Da parte da Bridgestone, passar também a mensagem que o pneu é o elemento que permite que estes passeios por Portugal aconteçam,” disse.

Aventura Dacia 0924

Já Mário Mendes, acrescentou: “Agradecer o convite que foi feito às oficinas First Stop por parte da Dacia e do Clube Escape Livre para esta aventura, pois é uma forma de comprovar as excelentes características TT deste automóvel. Balanço muito positivo.”

Durante o fim de semana cumpriram-se e assinalaram-se vários aniversários entre participantes e organização, e com o próprio Clube Escape Livre a marcar 34 anos da sua fundação, ocorrida a 12 de setembro de 1986.

Aventura Dacia 7633

Luis Celínio, presidente do Clube Escape Livre, considerou no final que, “com todas as restrições e desafios, esta foi uma boa edição da Aventura Dacia. Desde logo, pela região escolhida, que tem os mais diversos encantos turísticos, apelativos à descoberta. Depois, porque mesmo nas atuais condições, as pessoas estão ávidas de saídas, de viagens, de ar puro e de contacto social, e tudo isso pode ter lugar em segurança”.

A 9ª Aventura Dacia 4x2 teve como viatura oficial um Dacia, tendo contado com apoio de entidades como a Bridgestone, First Stop, Valorpneu, SPAL e Roamer, bem assim como o apoio institucional dos municípios de Penela, Lousã, Soure, Montemor-o-Velho e Guarda, e do Turismo do Centro.

LusoMotores

Pin It