A Seat acaba de apostar em mais conforto e mais comodidade ao permitir para o pequeno SUV Arona uma nova combinação de motor-transmissão: o novo bloco 1.5 TSI com uma caixa DSG. O Seat Arona, como se sabe, é um pequeno SUV pensado para quem procura um veículo que reúna emoção, distinção e funcionalidade, e desde o seu lançamento em 2017 o Seat Arona tornou-se um dos principais pilares da linha da marca.

E à medida que o mercado muda mais para transmissões automáticas, a Seat está a garantir que o pequeno SUV continua a oferecer a combinação certa de tecnologias para manter a sua posição no segmento. Para responder à crescente procura dos clientes, a Seat iniciou a produção do Arona com uma unidade de 1,5 litros TSI ligada exclusivamente a uma transmissão de dupla embraiagem DSG de sete velocidades.

A nova combinação produz 150cv (110kW) de potência e 250Nm de binário, tornando-o um veículo de condução mais confortável, sendo afinal capaz de responder aos clientes que estão à procura de maiores níveis de conforto, algo que a tecnologia DSG pode oferecer com mudanças mais suaves e rápidas, proporcionando uma experiência mais dinâmica ao volante.

A combinação de motor e transmissão promete proporcionar não apenas um veículo mais consonante com o que o mercado necessita, mas também o equilibra com a necessidade de ser eficiente. O construtor garante para o Seat Arona 1.5 TSI 150cv DSG níveis de consumo entre 6,0 e 6,7 litros/100km com base no ciclo de teste oficial WLTP, sendo as emissões de CO2 de 137-152 g/km.

O Seat Arona é o pequeno SUV da marca espanhola e é desenhado, desenvolvido e produzido em Barcelona, ​​nas instalações da marca de Martorell.

INFORMAÇÃO TÉCNICA

Motor

1.5 TSI 150cv

Cilindros/Válvulas

4-cyl -  16v

Cilindrada

1,498cc

Diâmetro x curso (mm)

74.5 x 85.9

Taxa de Compressão

10.5

Binário Máximo

250Nm

Transmissão

DSG 7v

Velocidade máxima

210km/h

Emissões de CO

WLTP: 137-152 g/km

Consumo de combustível

WLTP: 6.0-6.7 L/100km

LusoMotores

Pin It