Os veículos elétricos podem ser carregados de diferentes formas havendo ainda assim uma ou outra a destacar pelos seus pontos positivos, como dá conta a Hyundai a propósito da Wallbox, apontada pelo construtor sul-coreano como ideal. A Wallbox, como lembra a Hyundai, protege todos os equipamentos ao ajustar a potência da corrente elétrica às características do veículo o que, desde logo, é uma das justificações para aquela classificação.

No momento em que qualquer cliente avança para a compra de um veículo elétrico, o equipamento de carregamento fornecido é, modo geral, um cabo para ligação a uma tomada convencional, mas a Hyundai lembra que a Wallbox, um sistema que pode ser instalado em casa, na empresa, ou até na rua e que permite o carregamento de veículos elétricos, é afinal o sistema ideal para instalar quando se adquire um veículo elétrico ou híbrido plug-in.

A Wallbox é, nada mais nada menos, um pequeno posto de carregamento que permite um carregamento muito mais rápido do que através de uma tomada elétrica normal, pois esta última, pelo facto de ter uma potência muito reduzida, faz com que o tempo de carregamento total do automóvel possa facilmente chegar às 30 horas. Depois, para além do inconveniente do tempo, carregar o automóvel durante tantas horas seguidas provoca danos na bateria do veículo a longo prazo, reduzindo a sua vida útil, podendo ainda causar problemas na rede elétrica e, até, sobreaquecimento, potenciando o risco de incêndio.

Uma Wallbox, pelo contrário, protege todos os equipamentos ao ajustar a potência da corrente elétrica às características do veículo, em instalações elétricas monofásicas ou trifásicas. Mas há outras vantagens para a utilização de uma Wallbox... Assim, e em relação ao tempo de carregamento através de uma Wallbox é bastante mais reduzido que o tempo de carregamento através de uma tomada normal. Para além disso, é o ideal, pois não é demasiado lento ou rápido, o que protege a vida útil da bateria. Já sobre a personalização do carregamento, torna-se possível programar os horários de carregamento de forma a carregar o automóvel nas horas em que o custo da eletricidade é mais baixo.

Hyundai Wallbox 01

A Wallbox permite realizar uma análise aos tempos de carregamento de forma a que seja possível controlar o consumo de eletricidade, podendo ainda ser este equipamento instalado no exterior, independentemente da exposição climatérica, na parede ou até mesmo no chão. Os locais mais comuns são moradias particulares, garagens privadas, condomínios, empresas, unidades de alojamento turístico e espaços públicos. Quando instaladas em espaços comuns, como empresas ou condomínios, as Wallboxes podem incluir funcionalidades adicionais, como bloqueio do equipamento a pessoas não autorizadas.

Refira-se que as Wallboxes atuais podem ser divididas entre as mais simples e as mais complexas, desde as que permitem o início do carregamento logo a partir do momento em que é conectado o carregador do automóvel, às que permitem que seja adicionada uma opção de ativação para que só as pessoas autorizadas tenham acesso à realização do carregamento, havendo ainda unidades mais complexas nas quais é possível efectuar um controlo dinâmico da potência. Neste caso, se a energia consumida for elevada, o carregamento será mais lento e com uma potência inferior. Isto permite fazer uma maior gestão da rede elétrica disponível e é indicada para empresas ou espaços de utilização comum.

As Wallboxes suportam carregamentos até 22 kW, dependendo das características do veículo e da rede elétrica do local onde for instalado o equipamento. Quando se trata de Wallboxes que permitem o carregamento de dois veículos, a potência máxima da Wallbox é dividida disponibilizando até um máximo de 11 kW para cada veículo. Os custos de uma Wallbox dependem das características do equipamento e, claro, se se pretende adquirir ou alugar o mesmo.

LusoMotores

Pin It