Fabricante de carros desportivos feitos à mão e ultra leves, com sede em Lelystad, na Holanda, estamos a falada da Donkervoort Automobielen BV, marca automóvel dos Países Baixos fundada em 1978 por Joop Donkervoort então com a aposta em motores Ford de Domnkervoort, blocos que em 1996 foram substituídos por motores Audi. Pois é com este lastro histórico em termos de gama que surge agora o Donkervoort D8 GTO-JD70 R, modelo mais forte, rápido e seguro, um Donkervoort que chegou como um carro de pista com desempenho e tecnologia de hipercarro que lhe permite poder ser comercializado por preços de supercarro.

Temos assim neste D8 GTO JD70 o coração da Donkervoort Automobielen, motivo pelo qual se poderá dizer que o JD70 R é sua alma intransigente.Lançado este ano para homenagear o 70º aniversário do fundador da Donkervoort, Joop Donkervoort, o JD70 R foi desenvolvido para embaraçar outros carros desportivos e os seus proprietários e para fazer seus próprios motoristas se sentirem como astros das pistas.

Estamos perante o Donkervoort mais rápido, mais ofensivo e menos comprometido já projetado, capaz de quebrar recordes de pista, vencer corridas e fazer tudo com uma fração do combustível, pneus e orçamentos dos carros desportivos tradicionais.

"As mudanças que fizemos foram todas consideradas durante o programa de desenvolvimento JD70", explicou o Diretor Executivo da Donkervoort, Denis Donkervoort. "Tornamos o JD70 R muito mais rápido em todos os circuitos de corrida do que o JD70, então, naturalmente, também nos concentramos na segurança de colisões como uma prioridade. Ele tem ABS de corrida, um extintor de bomba de incêndio, maior proteção contra incêndio para o tanque de combustível e assentos completos de corrida. Para cada salto de velocidade com o JD70 R, aumentamos exponencialmente sua proteção contra colisões."

Embora visualmente semelhante, o JD70 R é mais rápido, mais raivoso e seguro do que seu irmão de estrada e oferece um nível de ajuste superior para chassis e suspensão. Quanto a custos, tem um preço de 198.000 de euros antes de impostos, apresentando-se este JD70 R como a forma mais exclusiva de menor manutenção e com melhor suporte para caçar hipercarros nas pistas de corrida do mundo.

O motor de 2,5 litros gera 420cv (310kW) de potência e 520Nm de binário, com o binário máximo possível logo às 1750 rpm até às 6350 rpm. Nota para o facto do escape sair pela lateral do carro, assim como nos dias clássicos dos carros de rua para as pistas de corrida.

LusoMotores

 
Pin It