No dia Mundial do Ambiente, assinalado esta terça-feira, a Volvo apostou, em Portugal e no Mundo, no combate à poluição através da limpeza dos oceanos e da “guerra ao plástico”, procurando passar a mensagem que deixa claro que “se todos fizermos um pouco, podemos juntos fazer a diferença”. Este foi o lema que juntou esta terça-feira colaboradores da Volvo Cars por todo o mundo, numa iniciativa global de limpeza de praias, rios e enseadas, aumentando a conscientização e ajudando a combater a poluição de plástico nos nossos oceanos.

Em Portugal, esta acção decorreu durante a manhã na Praia dos Moinhos, no Samouco (Alcochete), onde cerca de 70 pessoas, entre colaboradores e parceiros da empresa, mas também alguns jornalistas, recolheram mais 1200 quilos de lixo.

Em termos globais, mais de 850 funcionários e concessionários da Volvo Cars em 16 países saíram neste dia dos respectivos escritórios, largaram os computadores e dedicaram-se à recolha de lixo em prol do Dia Mundial do Ambiente das Nações Unidas e da campanha Clean Environment. A Volvo Car Portugal respondeu à chamada e juntou-se à causa tendo realizado a limpeza da Praia dos Moinhosna margem sul do estuário do Tejo, ali bem perto da Ponte Vasco da Gama, em Alcochete.

Volvo Alcochete 001

Volvo Alcochete 002

Volvo Alcochete 003

Em colaboração com a Brigada do Mar (projeto de intervenção ambiental nacional com 10 anos de existência), funcionários, parceiros, concessionários e jornalistas, totalizando as referidas 70 pessoas, estiveram ao longo da manhã empenhados nesta acção que permitiu retirar do areal quase uma tonelada e meia de lixo, neste Dia Mundial do Ambiente que, desde que começou a ser assinalado no longínquo ano de 1974, tem sido dedicado ao cuidar do planeta.

O tema Do Dia Mundial do Ambiente para este ano é “Acabar com a poluição de plástico” — #beatplasticpollution —, isto tendo em conta que, de acordo com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, mais de oito milhões de toneladas de plástico são despejadas nos oceanos a cada ano. O problema tornou-se global, havendo a estimativa que aponta para a existência de 9,4 milhões de toneladas no fundo mar, um verdadeiro tapete oceânico de lixo. Se nada for feito, em 2050 haverá mais plástico do que peixes no oceano.

A Volvo Cars assume por isso o orgulho de conseguir mobilizar os seus colaboradores no apoio à campanha “Clean Seas”, ajudando a “mudar a maré” no que toca ao uso de plástico. Essa iniciativa é uma extensão da campanha Volvo Cars Beach Clean Up, que arrancou na Volvo Ocean Race, em Outubro do ano passado. Até o momento, mais de 600 funcionários já realizaram limpezas em todos os continentes.

Volvo Alcochete 004

Volvo Alcochete 006

No mês passado, a Volvo Cars anunciou o fim do plástico em todas as suas instalações e eventos até ao final de 2019. Já antes, em 2017, a empresa tinha anunciado um compromisso particularmente importante na indústria para eletrificar todos os seus novos modelos automóveis que venham a ser lançados após 2019. Recentemente, a marca sueca reforçou essa estratégia ao afirmar que pretende que os automóveis 100% elétricos representem 50% de suas vendas globais em 2025.

Apontando ainda a 2025, a Volvo Cars pretende que, nesse ano, possa fabricar automóveis sem que para tal exista qualquer impacto ambiental. Em Janeiro, a fábrica de motores em Skövde, na Suécia, tornou-se a sua primeira instalação sem impacto ambiental da história da marca.

Jorge Reis

Volvo Alcochete 008

Volvo Alcochete 009

Pin It