Modelo de sucesso no mercado automóvel global, e nomeadamente também em Portugal, o Renault Mágane recebe uma nova variante de carroçaria com a chegada do novo Mégane Grand Coupé, uma proposta com uma forte imagem, substanciada no design dinâmico e elegante, bem como no requinte do tecnológico habitáculo — de quatro portas e bagageira de 550 litros de capacidade —, que se mostra como tudo aquilo que efectivamente parece ser e… até muito mais!

Animado por uma eficiente e económica gama de motores a gasolina e diesel, disponível com dois níveis de equipamento, chega a Portugal por um preço a partir de 24.230 euros, para um modelo que vai ao encontro dos indefectíveis apreciadores das berlinas de quatro portas, que encontram nesta versão uma proposta estatutária, com linhas exclusivas, habitabilidade surpreendente e abundância de tecnologia.

Pensado, concebido e desenvolvido em paralelo com o Mégane lançado em 2016, o Grand Coupé é a nova referência do segmento das berlinas compactas. E são muitos os argumentos que o confirmam: o muito generoso espaço disponibilizado (de onde sobressai a bagageira de grandes dimensões), os equipamentos de conforto e segurança com que vem dotado, mas também a excelente qualidade de vida a bordo que proporciona, cortesia de um refinado ambiente no habitáculo, que proporciona bem-estar a condutor e passageiros.

Com o Mégane Grand Coupé, a gama Mégane reforça-se, também, como uma das mais completas gamas do mercado, com três carroçarias distintas – Berlina, Grand Coupé e Sport Tourer – e uma oferta de motores gasolina e diesel, com potências desde os 90 até aos 280 cavalos.

Design inspirador e marcante

O design do Mégane Grand Coupé ultrapassa o código estético clássico das berlinas tricorpo, com a fórmula de coupé de quatro portas, marcadamente moderna e apelativa. Ou seja, estamos perante mais um Mégane com personalidade vincada e própria e que não resulta do simples acrescento do terceiro volume da mala à versão de cinco portas.

Na dianteira, o Mégane Grand Coupé é em tudo idêntico ao Mégane Berlina de cinco portas e Sport Tourer. As linhas são elegantes e a profusão de elementos cromados conferem uma imagem de qualidade e estatuto. Já o equipamento de iluminação LED Pure Vision identifica o ar de família Renault, com a assinatura das luzes LED diurnas em forma de “C” a certificar um efeito 3D, imprimindo profundidade e forte carácter ao olhar do Mégane Grand Coupé.

Na perspetiva lateral, destaca-se a linha de cintura subida que aumenta a sensação de robustez e segurança. Um comprimento total de 4632mm, uma largura de 1814 mm e uma altura de 1443 mm oferecem-lhe proporções harmoniosas sob qualquer ângulo, numa silhueta tipo coupé, com linhas marcadamente descendentes no último terço da carroçaria, que contribuem para um estilo ainda mais fluído.

Na traseira, a nova assinatura luminosa de linhas estilizadas reforça o vigor e a atitude, atributos que ganham ainda mais força com o original prolongamento da linha horizontal vidrada, vermelho-escuro, até ao centro da tampa da bagageira. O desenho do terceiro volume, onde a grande superfície vidrada fortemente inclinada assume protagonismo, entrega um temperamento peculiar e incontornável a esta versão do Mégane.

Habitáculo distinto, espaçoso e iluminado

Uma vez dentro do habitáculo, o refinamento da aparência e a qualidade dos materiais saltam de imediato à vista, com o revestimento acolchoado (com espuma) do painel de instrumentos, do topo dos painéis das portas e dos apoios de braços, a transmitirem a primeira sensação de conforto.

Se é charme que procura, o Mégane Grand Coupé também tem de sobra para oferecer. As inserções em cromado acetinado, com aspeto brilhante, que ladeiam o painel de instrumentos, a consola superior, a consola central, a alavanca de velocidades e as colunas de som, visíveis também no volante de couro, reforçam a atitude distinta.

Os bancos envolventes, com o interior de espuma de dupla densidade e com estrutura e design partilhada do Espace e Talisman, atingem o topo da classe em matéria de apoio e conforto, a que não é alheio o facto de oferecerem, também, um útil sistema de aquecimento dos bancos dianteiros e massagens relaxantes (para o condutor) com ajuste lombar elétrico.

A liberdade de movimentos no interior é notável, graças ao espaço disponível nos cinco lugares. Nos lugares traseiros, a habitabilidade é mesmo uma referência, com o Mégane Grand Coupé a oferecer mais 37 mm de espaço para os joelhos que o Mégane de cinco portas e a permitir reclinar os bancos 27⁰ para viagens, definitivamente, mais relaxadas.

Contrariando a tendência do habitual formato de berlinas com estatuto de “Grand Coupé”, onde a altura para os passageiros dos lugares traseiros é normalmente prejudicada pela design descendente a partir do pilar B, o Mégane Grand Coupé permite que passageiros com estatura elevada viajem sem problemas, oferecendo, inclusive, maior amplitude de altura aos passageiros que viajam atrás (851 mm) do que aos sentados nos bancos dianteiros (840 mm).

A qualidade de vida a bordo é, também, valorizada pelo teto de abrir panorâmico em vidro, de abertura elétrica e de série na versão Executive, que cria um traço de união entre o pára-brisas e o vidro traseiro, alargando os horizontes e oferecendo superior luminosidade interior, tanto à primeira como à segunda fila de bancos. Os raios solares são filtrados antes de penetrarem no habitáculo, de modo a evitar o excesso de calor no interior e contribuindo para uma atmosfera de maior liberdade.

O Mégane Grand Coupé tem no formato do terceiro volume da carroçaria um dos elementos mais marcantes. À forma, a Renault associou a função e o pragmatismo, dotando-o com um portão traseiro elétrico com acesso mãos-livres. Não é magia, mas dá um toque ainda mais mágico ao modelo, que abre automaticamente o portão de acesso à bagageira quando o sistema deteta o pé sob ou próximo do para-choques traseiro.

E aí começa um novo mundo, com a bagageira a disponibilizar 550 dm3 VDA de volumetria e a permitir o acesso facilitado, com a sua reduzida altura ao solo de 707 mm. Em termos de profundidade, a bagageira comporta volumes até 1084 mm de comprimento e até 1393 mm de largura. E, para se adaptarem a qualquer situação, estes números podem ser convertidos num espaço ainda maior, com o rebatimento do banco traseiro nas configurações de 1/3 ou 2/3, aumentando a modularidade e alargando a capacidade de carga até a um máximo de 987 dm3 ao longo de 1900 mm, perfeito, portanto, para levar a “casa às costas” nas férias ou trazer “metade” do supermercado nas compras do mês!

Head Up Display para não tirar os olhos da estrada

Para além do espaço e da bem equilibrada ergonomia, o habitáculo do Mégane Grand Coupé apresenta diversas referências tecnológicas, colocadas ao serviço do conforto, segurança e bem-estar do condutor e passageiros.

Uma das mais importantes é a adoção do dispositivo Head Up Display, a cores, posicionado acima do tablier, que incrementa a segurança, ao evitar que o condutor tenha de desviar os olhos da estrada. Um écrã a cores rebatível eletronicamente projeta as informações mais importantes, com a imagem a aparecer virtualmente a dois metros do condutor, mesmo no centro do seu campo de visão. Para facilitar ainda mais a leitura da informação, são utilizados apenas símbolos, pictogramas e números, permitindo que as mensagens cheguem ao condutor de forma simples e intuitiva.

No capítulo da conectividade, o Mégane Grand Coupé está dotado com a plataforma multimédia R-Link 2, com écrã tátil de sete ou 8,7 polegadas, no formato vertical, com luminosidade e contraste perfeitos para o máximo conforto de utilização.

Disponibilizando seis menus diferentes (Navegação, Multimedia, Telefone, Aplicações, Veículo e Sistema) com múltiplas funções, o R-Link 2 está preparado para responder a todos os seus desejos. Bom… quase todos!

Permite-lhe controlar a climatização, accionar sistemas auxiliares de ajudas à condução, fazer a navegação em 3D com “visão pássaro”, consultar o trânsito, sincronizar o smartphone com o sistema Bluetooth®, descarregar as suas aplicações favoritas, guardar as configurações do seu banco e do ar condicionado, entre muitas outras funcionalidades. Sim, é verdade que ainda não lhe serve um café… Talvez na próxima geração do Mégane Grand Coupé!

Uma boa parte das operações referidas podem também ser comandadas a partir de ordens de voz, através da simples pressão no comando no volante, que permite, por exemplo, iniciar um trajeto até a um destino favorito, iniciar uma chamada para um contacto da lista telefónica ou mudar de estação de rádio.

A conectividade está também assegura e foi elevada ao mais alto nível. Para além da já referida ligação Bluetooth® para telefone e streaming audio, é possível contar com até duas portas USB e até duas tomadas de 12V, para além de uma tomada auxiliar jack 3,5 mm e um leitor de cartões SD.

Todas as preferências do utilizador podem ser armazenadas em cada um dos seis perfis personalizáveis, a partir de operações fáceis e intuitivas. Ou seja, o Mégane Grand Coupé permite que seis utilizadores diferentes possam ter o seu próprio interface e guardar as suas preferências.

Multi-Sense para ajustar ao estado de espírito

Dotado com o sistema Multi-Sense, o Mégane Grand Coupé permite adequar o estilo de condução à disposição ou necessidades do condutor, através do acionamento de um botão rotativo posicionado junto ao travão de estacionamento na consola central, ou através do interface intuitivo via R-Link 2.

Cinco modos diferentes – Neutral, Eco, Comfort, Sport e Perso – oferecem outras tantas experiências de condução diversas, após a combinação de elementos específicos. A personalização atua sobre a cor do painel de instrumentos, o ambiente luminoso do habitáculo, a gestão de energia do ar condicionado, o esforço da direção, o som e a resposta do motor e o tempo de reação de caixa de velocidades (nas variantes de caixa automática EDC).

Na prática, com este avançado sistema de experiência de condução, poder-se-á usufruir não de um Mégane Grand Coupé, mas de cinco, cada um com uma forte e específica personalidade!

Múltiplos Sistemas de Ajuda à Condução

O novo Mégane Grand Coupé é tecnologicamente avançado também no que à segurança diz respeito. Entre os sistemas de ajuda à condução estão contabilizados 10 eficazes dispositivos que avisam e protegem o condutor e passageiros.

A Comutação Automática das Luzes Estrada/Cruzamento, a Câmara de Marcha-Atrás, o Sistema de Ajuda ao Estacionamento Dianteiro e Traseiro e o Sistema Easy Park Assist, que permite estacionar em paralelo, em espinha ou na perpendicular, de forma simples e automática, sem que o condutor tenha de recorrer ao volante.

Em ritmo mais dinâmico, o Mégane Grand Coupé mantém um elevado grau de previsibilidade dos perigos inerentes à estrada, através do Alerta de Transposição Involuntária de Faixa, do Alerta de Distância de Segurança, do Alerta de Ângulo Morto e do Alerta de Excesso de Velocidade com Reconhecimento dos Sinais de Trânsito.

O Sistema de Travagem de Emergência Ativa e o Regulador de Velocidade Adaptativo completam o rol de dispositivos eletrónicos que permitem viajar de modo mais descontraído e seguro no Mégane Grand Coupé.

Três motorizações e dois níveis de equipamento

Disponível em nove cores, o Mégane Grand Coupé chega a Portugal com uma vasta e experimentada gama de motores da conceituada e comprovada família “Energy”.

Com propulsão a gasolina está disponível o bloco 1.2 TCe 130 (130 cavalos), com caixa manual de 6 velocidades ou a caixa automática EDC de 7 velocidades, preparado para oferecer baixos consumos e reduzidas emissões. Já nas motorizações a diesel, a oferta ganha maior amplitude, com o Mégane Grand Coupé a estar disponível com o motor dCi 1.5 (110 cv) que combina na perfeição economia e desempenho, nas variantes de caixa manual de 6 velocidades ou caixa automática EDC 6 velocidades, ou animado pelo fiável, económico e reativo bloco dCi 130 (130 cv), com caixa manual de 6 velocidades.

Todos os blocos a gasolina, e a diesel são servidos por corrente de distribuição, proporcionando claras vantagens em termos custos de manutenção.

No que toca ao equipamento, a Renault disponibiliza dois níveis distintos: Limited e Executive. Qualquer um deles faz elevar o estatuto do modelo, por colocar múltiplas mordomias ao serviço do bem-estar dos ocupantes.

Comportamento dinâmico de referência

O Mégane Grand Coupé é muito mais do que a soma de um design sedutor a um habitáculo fortemente apelativo. Porque foi concebido para ser dinâmico, o chassis foi desenvolvido para oferecer um comportamento em estrada exemplar, quer fruto da forma como se liga ao solo, quer devido ao extraordinário nível de insonorização demonstrado.

Com a otimização dos amortecedores, batentes, triângulos dianteiros e diversas articulações do eixo traseiro, o conforto saiu a ganhar, com um nível mais apurado de filtragem das irregularidades de estrada, da mesma forma que a parametrização da direção elétrica assistida também melhorou a precisão e reatividade da direção, permitindo uma condução ainda mais intuitiva. Tudo sem prejudicar o comportamento dinâmico a velocidades mais elevadas, onde sobressai a estabilidade, a segurança e o prazer de condução.

Preços competitivos

Por fim, quanto a preços, o novo Mégane Grand Coupé tem garantia de cinco anos ou 100.000 km e está disponível na Rede de Concessionários desde o passado sábado, 7 de Julho, com preços que se iniciam nos 24.230 euros para a versão TCe 130 e nos 27.330 euros para a dCi 110.

As versões equipadas com caixa automática EDC podem ser encontradas a partir dos 28.730 euros (TCe 130 EDC) e 28.830 euros (dCi 110 EDC), enquanto a versão dCi 130 (disponível unicamente com linha de equipamento Executive) tem um preço de arranque de 32.430 euros.

Pin It