Pelo meio dos metais retorcidos, contornando buracos, visitando pavilhões abandonados, vai haver competição automóvel nas antigas instalações da Lisnave, iniciando assim uma revitalização de um espaço que transformará em breve a margem sul do Tejo numa zona ainda mais apetecível para visitar. O antigo recinto da Lisnave, em Almada, estará assim ao rubro a a 12 e 13 de Outubro, altura em que ali acontecerá a Almada Extreme Sprint, uma competição automóvel de características “radicais”, organizada pelo Clube de Motorismo de Setúbal, em parceria com a Câmara Municipal de Almada.

Para aquele espaço foi desenhada uma pista espetacular com 2600 metros na plataforma da Margueira, que os concorrentes e equipas percorrerão várias vezes na componente Velocidade e Regularidade, com carros de corrida e outros mais civilizados. Almada, cidade berço de muitos campeões de automobilismo e motociclismo, vai poder ouvir de novo o roncar dos motores, conferir os nomes dos seus ídolos e aprender no local, como se consegue competir num local tão radicalmente diferente de um autódromo ou estrada florestal.

O “padrinho” da prova é o almadense Rui Madeira, que há muito emprestou toda a sua experiência e entusiasmo na realização deste desafio: “É com muito orgulho que vejo nascer uma prova motorizada na "nossa" cidade Almada. Por coincidência nasci a pouco mais de 1km do local da realização da Almada Extreme Sprint, e outra coincidência, acreditando no destino, foi o facto de, ter realizado o trabalho final do meu curso de Arquitetura na futura cidade da água, pelo que como compreendem, não poderia ficar mais satisfeito quando tive conhecimento de qual fora o local selecionado. Desejo desde já os maiores sucessos ao CMS e estou certo de que muitos pilotos e muito público estarão presentes para participar e assistir a este espetáculo de qualidade. “

“O público de Almada, repleto de entusiastas dos desportos motorizados, há muito que ansiava por uma prova automobilística, até porque a nossa cidade e arredores está repleta de campeões e pilotos almadenses com um enorme palmarés, nacional e internacional. Vamos poder assistir a uma prova impar, disputada num local emblemático, que irá projetar a curto prazo, o futuro ambicioso da cidade de Almada, só possível de concretizar com o empenho dos principais patrocinadores do evento, nomeadamente o Município de Almada, os SMAS de Almada e a marca Ford”, acrescentou.

A Almada Extreme Sprint não necessita de nenhuma modificação “cosmética” para criar um percurso competitivo e do agrado de todos. Os obstáculos naturais serão apenas mais assinalados, para que não haja hesitações e se ande depressa... para que haja espetáculo, sempre em segurança, como todos desejamos e refere o Presidente do CMS, Fernando Matias, clube formado em 2016 e sediado no Distrito de Setúbal: “São esperadas várias dezenas de equipas, que utilizarão veículos muito diversos, mais ou menos adaptados às condições propostas pelo traçado desenhado num cenário tão “desconcertante e surpreendente. Para além da competição e do espetáculo, a segurança é a nossa principal preocupação e, por isso, queremos preparar tudo ao pormenor para que a Almada Extreme Sprint, seja uma verdadeira festa para todos... em segurança!”

Almada 01

Autarquia apoia iniciativa em terra de grandes pilotos

A Câmara Municipal de Almada apoia esta iniciativa, como refere a presidente da autarquia, Inês de Medeiros: “Almada está a afirmar-se, com uma dinâmica cada vez maior, como palco e destino privilegiado de inúmeras provas e eventos desportivos locais, nacionais, europeus e mundiais. O desporto motorizado não é exceção e tem aqui o seu lugar.”

“Em terra de grandes pilotos, como Carlos Bica, Rui Madeira, Carlos Sousa e Miguel Oliveira, é pois natural que recebamos com entusiasmo o primeiro Almada Extreme Sprint, uma estreia, em parceria com o Clube de Motorismo de Setúbal, que promete oferecer a todos espetáculo e emoções fortes. A realização deste evento oferece-nos também uma oportunidade de excelência, que gostaria de salientar, para valorizar o nosso território e restituir aos almadenses a fruição do espaço da Margueira, que é seu e onde irá nascer a futura Cidade da Água.”

“É neste cenário emblemático dos antigos estaleiros da Lisnave, em Cacilhas, com o Tejo mesmo ao lado, que vamos certamente desfrutar de uma experiência única e de garantida espetacularidade para o público, pilotos e aficionados”, concluiu aquela autarca deixando uma saudação: “Vamos aquecer os motores e bem-vindos a Almada!“

Almada Mapa

Almada Cartaz

Pin It