×

Mensagem

Failed loading XML...

GNR detém 75 condutores no sábadoA GNR deteve, este sábado, 75 condutores em operações de fiscalização rodoviária, tendo a maioria sido por excesso de álcool e falta de habilitação legal para condução.

GNR fiscaliza 9.942 condutores e detém 139 A GNR fiscalizou, este domingo, 9.942 condutores no âmbito de uma operação de fiscalização rodoviária em todo o território nacional, tendo detido 139 pessoas, incluindo 113 por excesso de álcool.

GNR detém 119 condutores e autua 102 por álcoolA GNR fiscalizou já 5.525 automobilistas no âmbito da sua operação de fiscalização rodoviária em todo o território nacional, tendo detido 119 condutores e autuado 102 por excesso de álcool.

Multas rendem 47 milhões de euros ao EstadoO Estado arrecadou, no primeiro semestre, 47,1 milhões de euros em multas, mais 14,5% do que em igual período de 2011, de acordo com os dados divulgados pela Direcção-Geral do Orçamento (DGO).

Novo modelo de descontos nas ex-SCUT em OutubroAs alterações sobre a prorrogação das isenções parciais nas portagens nos concelhos servidos pelas antigas SCUT foram publicadas, esta sexta-feira, em Diário da República, e prevêem um novo modelo.

ACP critica duramente a política governamental para o sector automóvelO Automóvel Club de Portugal está frontalmente contra as propostas do Governo para as alterações ao Orçamento de Estado, nomeadamente naquilo que o mesmo poderá vir a influenciar o sector automóvel, e não poupa críticas, por isso, ao Executivo socialista de José Sócrates, a quem acusa de pretender colocar o nosso país como o terceiro na União Europeia com a mais elevada tribuação no sector. Para evitar que assim seja, o maior clube português em número de associados avança com um pacote de sugestões relativas ao Orçamento de Estado...

A ACAP manifestou em Conferência de Imprensa o seu desagrado e a preocupação motivados pelo Orçamento de Estado para 2009 agora apresentado pelo GovernoO agravamento da carga fiscal sobre os automóveis em 10,9%, considerando apenas as tabelas do Imposto Sobre Veículos (ISV), preconizado pelo Orçamento do Estado apresentado pelo Executivo de José Sócrates para 2009, é um dos principais motivos que está a provocar forte reacção por parte dos diferentes representantes do sector automóvel. Entre estes, a Associação do Comércio Automóvel de Portugal (ACAP), em conferência de Imprensa realizada esta quinta-feira na sua sede em Lisboa, manifestou a sua preocupação por esta situação.