SuzukiMotor-Iberica09Quando, há uns anos, a Suzuki apresentou a primeira geração do Swift, tive oportunidade de acompanhar aquele lançamento no belo cenário do Mónaco , ficando impressionado pela qualidade daquele pequeno utilitário da marca nipónica para o segmento B, o qual tem literalmente “aguentado” a marca no mercado europeu e no português. Naquela época, a viagem até ao Mónaco foi feita a convite da Cimpomóvel, então o importador da marca para Portugal, tendo percorrido o traçado do circuito citadino monegasco de Fórmula 1 ao volante de um Suzuki Swift, um modelo que teve a capacidade de “segurar” a presença da marca em Portugal. SuzukiMotor-Iberica07Porém, desde então, a Cimpomóvel fechou as suas portas, a representação da Suzuki no mercado luso deixou mesmo de existir e alguns concessionários da marca tiveram que fazer uma verdadeira travessia no deserto, sem apoios, procurando ainda assim responder aos clientes da marca que ainda hoje possuem modelos Suzuki, nomeadamente o Swift, mas também o SX-Cross.

Agora, porém, dois anos decorridos sobre o fecho do importador da marca, a Suzuki está de volta a Portugal, com uma estrutura que aposta no relançamento da marca, a Suzuki Motor Ibérica, disposta a ir ao encontro daqueles que ainda possuem veículos da marca, disponibilizando de novo os modelos Suzuki, mas também os serviços de após venda, sendo estes porventura tão importantes nesta fase de reafirmação da marca quanto as vendas de novas unidades. Esta entidade, a Suzuki Motor Ibérica, inicia funções em Portugal a partir de Abril, com sede instalada no Parque das Nações, em Lisboa, dando apoio a um total de 11 concessionários, dos quais 10 trabalhavam já a marca antes do aparecimento desta entidade. Curiosamente, o novo concessionário da marca surge na região da grande Lisboa, havendo ainda concessionários Suzuki nos distritos de Setúbal, Leiria, Coimbra, Guarda (2), Viseu, Porto e Braga, mas também nas regiões autónomas da Madeira e dos Açores.

Através de uma parceria com o Banco Santander, nomeadamente a entidade financeira deste banco, a Santander Consumer, serão permitidas condições de financiamento aos clientes (ou potenciais clientes) da Suzuki  que terão disponíveis duas propostas da marca, nomeadamente o Suzuki Swift, em nove versões, mas também o Suzuki S-Cross, este modelo proposto num total de 19 versões, em qualquer dos casos com ofertas ao público de motorizações diesel e a gasolina. Em qualquer dos casos, os modelos Suzuki a comercializar em Portugal serão produzidos na fábrica de Esztergom, uma cidade do norte da Hungria a cerca de 50 quilómetros de Budapeste. A partir dali, os modelos chegarão à península ibérica na cidade de Barcelona, de onde serão distribuídos pelos pontos de venda, nomeadamente nos 11 concessionários em território português.

Para além das preocupações com a venda dos novos modelos, a Suzuki Motor Ibérica terá particular atenção à capacidade de resposta dos concessionários em Portugal para a área do após-venda, isto porque será preciso dar o melhor apoio aos clientes da marca que terão que recuperar a confiança numa rede que estava a navegar à vista, sem apoios directos, mas ainda assim a procurar sempre dar a melhor resposta às solicitações dos clientes da marca.

As duas propostas da Suzuki: Swift e S-Cross

SuzukiMotor-Iberica20Para assinalar a nova fase da marca Suzuki em Portugal, e como é referido atrás, esta marca nipónica vai propor o novo Swift, modelo disponível em mais de 100 países e com três milhões de unidades vendidas, e que estará nos concessionários da marca com duas motorizações – 1.2 a gasolina (92 cv) e 1.3 DDi (75 cv) diesel. O outro modelo Suzuki disponível a partir de Abril nos 11 pontos de venda da marca no país será o novo crossover SX4-S, uma proposta para o segmento C, capaz de entrar no luta por um espaço próprio no mercado apesar da concorrência, onde se destaca o Nissan Qashqai, sem dúvida o grande concorrente deste SX4-S, mas também o Mitsubishi ASX ou o Kia Sportage.

O Suzuki SX4-S será comercializado em Portugal em diversas versões (19) e com equipamento de topo, nomeadamente o novo sistema 4WD de última geração na versão 4x4, com tecnologia All Grip, que permite seleccionar quatro modos de utilização: auto, sport, neve e lock. SuzukiMotor-Iberica30Duas motorizações - 1.6 a gasolina e diesel -, ambas com 120 cv de potência, constituem a gama de escolha. Com carroçarias de três e de cinco portas, o novo Suzuki SX4-S possui maior distância entre eixos para melhoria de conforto e espaço atrás, maiores vias dianteira e traseira e apresenta uma frente vincada e uma grelha exclusiva de maiores dimensões. Em termos de equipamento, este modelo é proposto com o pack Performance, que inclui spoiler, bancos desportivos e pedais em aço inoxidável, bem como jantes de 17 polegadas em liga leve e faróis HID de série com sensor de luz.

Desta apresentação, durante a qual o LusoMotores teve oportunidade de testar durante alguns quilómetros o novo Suzuki SX-4, daremos conta mais tarde da SuzukiMotor-Iberica32impressão deixada por este modelo, o tal que terá a responsabilidade de se bater no mercado com o Nissan Qasqhai, a referência no segmento em que se coloca, mas traremos também aqui ao vosso portal para o mundo motorizado uma conversa com Ana Guerreiro, que em Portugal terá a seu cargo a Direcção de Vendas e Marketing na nova estrutura da sucursal em Portugal da Suzuki Motor Ibérica, um diálogo que poderá acompanhar aqui mais tarde. A antecipação das novas propostas da marca para o mercado europeu, como o Celerio, a apresentar ainda no corrente ano, ou o IV-4, para já ainda um "concept" que deverá chegar ao mercado em 2015, serão outros temas que irão motivar aqui a presença da Suzuki nos conteúdos informativos do LusoMotores.

reportagem: Jorge Reis
foto: DR/LusoMotores

SuzukiMotor-Iberica04
SuzukiMotor-Iberica15
SuzukiMotor-Iberica28
SuzukiMotor-Iberica10


Pin It