O piloto da Hyundai Portugal e campeão nacional em título, Carlos Vieira, encontra-se em estado grave depois do acidente de que foi vítima esta tarde na abertura do Rallye Vidreiro Centro de Portugal, na Marinha Grande.

Na primeira especial, quando seguia ao volante do seu Hyundai i20 R5, Carlos Vieira, navegado por Jorge Carvalho, ao quilómetro 3 dos 8,64 km da passagem por S. Pedro de Moel 1, o carro derrapar e embateu lateralmente numa árvore, do lado do piloto, o que lhe provocou fracturas múltiplas na perna esquerda bem como em algumas costelas que lhe terão mesmo perfurado um pulmão, situação que motivou a sua rápida evacuação para o Hospital da Universidade de Coimbra.

Felizmente, e porque o despiste do Hyundai i20 afectou particularmente o lado do piloto, o navegador Jorge Carvalho acabou por sair deste acidente apenas com ferimentos ligeiros, concentrando-se assim todas as atenções em Carlos Vieira.

180608 CarlosVieira Acidente 004

O acidente exigiu a intervenção rápida dos meios de assistência disponibilizados pela organização da prova que rapidamente chegaram ao local, tendo o troço sido neutralizado levando a que apenas Armindo Araújo (Hyundai i20 R5) e Miguel Barbosa (Skoda Fabia R5), os pilotos que entretanto tinham saído na frente, tenham terminado a especial.

Em termos desportivos, aliás, acabou mesmo por ser o também piloto da Hyundai Portugal, Armindo Araújo, quem se impôs ao cronómetro à frente de Barbosa, um segundo mais lento, com o tempo deste a ser atribuído a todos os restantes concorrentes. Araújo acabou por dilatar para 3,4s a sua vantagem, após a segunda passagem por S. Pedro de Moel, com o homem do Skoda Fabia R5 a manter a segunda posição.

fotos: reprodução ©Twitter

180608 CarlosVieira Acidente 002

180608 CarlosVieira Acidente 003

Pin It