HenriqueChaves01Nova exibição de luxo no Campeonato de Portugal de Karting, desta vez na pista de Viana do Castelo, colocou Henrique Chaves muito próximo de conquistar o título de Campeão Nacional da categoria rainha do karting português, a X30. O jovem piloto português venceu a terceira final do ano e passeou a sua classe sob o intenso calor minhoto.

HenriqueChaves02Restam poucas dúvidas sobre o próximo título a constar no extenso currículo de Henrique Chaves. O promissor piloto de 16 anos venceu, em Viana do Castelo, a terceira prova em três possíveis no Campeonato de Portugal de Karting, apenas falhando novo pleno – triunfos nas mangas e na Final –, muito provavelmente devido a um problema na cablagem elétrica do seu kart durante a segunda manga de qualificação. Chaves começou por garantir ser o mais rápido nos treinos cronometrados com o registo de 43,821s, num fim de semana marcado por intenso calor.

O 'Iceman', como é conhecido no Karting, venceu a primeira manga de qualificação mas, antes da segunda manga, os delegados da Federação portuguesa obrigaram à substituição da cablagem elétrica por uma nova, confirmando-se durante a segunda manga de qualificação que a mesma tinha defeito de fabrico, retirando rendimento ao kart. Afetado por esse problema, Chaves não foi além do quinto lugar na segunda manga, sendo esta a primeira vez em 2013 que o piloto de Torres Vedras ‘deixa escapar’ uma vitória quer no Campeonato de Portugal quer no Campeonato de Espanha (que também lidera).

HenriqueChaves03Com a equipa FCK Motorsport a mudar a cablagem, o piloto português voltou ao seu ritmo normal e ganhou naturalmente a Final, apesar dos ataques da concorrência. Chaves precisou de apenas três voltas para assumir o comando e garantir a terceira vitória da temporada, depois de já ter dominado as provas de Leiria e do Bombarral. “Sinceramente, acredito que poderia ter voltado a ganhar tudo sem aquele problema na cablagem”, referiu o torrense.

“Nos treinos cronometrados até nem estava à espera de fazer o melhor tempo porque só cheguei à pista na sexta-feira à tarde, quando os meus adversários já lá estavam a treinar. Sem o problema na cablagem do Kart acho que poderia também ter ganho a segunda manga. As 19 voltas da Final foram duras porque estava muito calor e tive a pressão do meu companheiro de equipa, Bruno Oliveira. Até poderia ter sido campeão em Viana do Castelo mas, de qualquer forma, temos uma vantagem confortável que vamos agora gerir na última prova”, concluiu.

Dominador absoluto do campeonato português, Henrique Chaves partirá agora para a segunda prova do Campeonato de Espanha, onde defenderá a sua liderança entre 25 e 28 deste mês, no circuito de Zuera, próximo de Zaragoza.

Pin It