RodrigoCorreia01Rodrigo Correia protagonizou êxito e espectáculo ao longo dos cinco quilómetros do traçado, curva após curva, da Rampa da Falperra , no passado fim-de-semana, na prova do CAM do Campeonato da Europa de Montanha. Pelo segundo ano, o jovem piloto de karting conquistou, no traçado da Rampa Internacional da Falperra, as muitas dezenas de milhares de espectadores que no sábado e domingo acorreram a Braga.

RodrigoCorreia02A prova do Campeonato da Europa de Montanha organizada pelo CAM – Clube Automóvel do Minho, que é também um dos principais clubes organizadores que se empenha nas provas nacionais e internacionais de Karting, em boa hora “mostra” algumas das mais jovens promessas do Karting.

Com os seus 9 anos, o piloto de Oliveira de Frades Rodrigo Correia, que além de participar nas provas nacionais de Karting, na Falperra mostrou mais uma vez o seu “talento” com um conjunto alargado de piões, derrapagens controladas e outras manobras mais radicais, tudo para, curva após curva pela Rampa da Falperra acima, colocar todo o mundo a aplaudir, contribuindo para o sucesso do fim-de-semana.

RodrigoCorreia03Apesar de ainda jovem, Rodrigo Correia dispõe de uma vasta experiência e prática dos espetáculos e de shows promovidos pela Promolafões e, os milhares e milhares de portugueses, espanhóis, italianos, entre outros, presentes em Braga não ficaram indiferentes ao à-vontade com que interagiu com o público e à simpatia com que agradeceu as prolongadas “ovações”.

Entre as subidas oficias de treinos e de prova, sábado e domingo, os jovens pilotos de Karting convidados fizeram as suas subidas e as descidas, mas no final dos dois dias, oportunidade para o muito público não só se aproximar das grandes máquinas e dos seus pilotos, mas também para partilharem com Rodrigo Correia muitos elogios e fotografias.

Rodrigo Correia recordou no final que “é com o apoio do público, das empresas, entidades e amigos" que pode continuar a crescer, acrescentando sobre a exibição e prestações na Falperra: “Sinto um enorme prazer ao ver que o público gosta e, eram muitos a aplaudir, foi impressionante”.

RodrigoCorreia04
Pin It