Elisabete Jacinto supera dura etapa maratonaA piloto portuguesa Elisabete Jacinto concluiu, na tarde deste domingo, a terceira etapa do “Rallye Aïcha des Gazelles”, a primeira de duas jornadas maratona que compõem a maior prova feminina de navegação do mundo, que se disputou ao longo de dois dias.

Após ter passado a noite no deserto, fora do acampamento da organização, a equipa 402 ultrapassou todas as dificuldades desta primeira maratona, tendo assinalado com sucesso os 15 pontos de passagem obrigatórios.

Depois de terem concluído a segunda etapa desta competição feminina, Elisabete Jacinto e a sua navegadora France Clèves ocupavam o sétimo lugar da categoria Expert e, neste momento, terão que aguardar até ao meio-dia desta segunda-feira para saberem qual a classificação obtida nesta difícil jornada maratona, que ficou marcada pela travessia das dunas Erg Chebbi e pela passagem do Oued Rhéris, em Marrocos. Estes rios secos, ou “oued” em árabe, são por norma muito complicados de transpor devido aos sulcos e fendas que apresentam ao longo do seu percurso. Assim, a perícia de condução aliada à fiabilidade da Volkswagen Amarok foram essenciais para a equipa 402 superar esta etapa com sucesso.

Cumpridos cerca de 230 quilómetros, entre as vilas marroquinas de El Beida e Izougguerhn, Elisabete Jacinto descreveu as peripécias vividas nos últimos dois dias: “As etapas maratonas são de facto o grande desafio deste rali. O primeiro dia correu muito bem e, apesar de termos atravessado as dunas do Erg Chebbi, conseguimos fazê-lo com grande destreza e rapidez. Chegámos ao último CP por volta das 17:00, o que nos deu tempo para acampar com calma e pudemos descansar”.

“Este segundo dia foi mais difícil e acabámos por cometer um erro num dos CP e por este motivo fizemos mais quilómetros. Mas, para além dessa contrariedade, fizemos linhas rectas quase perfeitas em locais de montanha muito complicados. Com a pressa de chegar ao fim, a poucos quilómetros do acampamento, furámos um pneu, mas conseguimos mudar o pneu rapidamente e terminámos já de noite esta etapa maratona”, acrescentou a piloto lusa.

Esta segunda-feira, a quarta etapa da 26.ª edição do Rali das Gazelas arrancou logo pelas 06:00.

Elisabete Jacinto supera dura etapa maratona

Pin It