×

Mensagem

Failed loading XML...

VW-Ogier-Espanha2016Sébastien Ogier e Julien Ingrassia foram coroados este fim de semana como Campeões do Mundo de Ralis pela quarta vez consecutiva depois da vitória no Rali de Espanha . A dupla agora tetra campeã de ralis levou o seu Volkswagen Polo R WRC à quinta vitória da temporada na Catalunha, terminando à frente das duplas Dani Sordo/Marc Martí e Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul, ambas em Hyundai.

Ogier e Ingrassia puderam ainda festejar na Catalunha o seu nono pódio da temporada, com uma vitória que, reflectida na tabela classificativa do Mundial de Ralis, permite uma vantagem pontuável para os demais pilotos que já não pode ser alcançada por nenhum outro concorrente até ao final da temporada. Refira-se, aliás, que foram os seus companheiros de equipa Andreas Mikkelsen e Anders Jæger aqueles que chegaram ao Rali de Espanha como os rivais mais próximos na luta pelo título, sendo que as esperanças dos noruegueses em vencer o campeonato ficaram frustradas na sequência do seu abandono, tendo o mesmo destino acontecido à dupla Jari-Matti Latvala e Mikka Anttila.

E se no que diz respeito ao Mundial de pilotos já está tudo resolvido no que diz respeito à discussão do título, já no que diz respeito aos Contrutores a Volkswagen está em excelente posição para reivindicar o quarto título consecutivo no Mundial WRC já na próxima prova, o Rali WRC de Inglaterra/Gales.

Ainda a propósito de Sébastien Ogier, este piloto francês surge integrado no restrito "clube" agora de três elementos que conquistaram o título mundial de ralis em quatro anos seguidos e, ao mesmo tempo, a assegurarem quatro títulos mundiais na história do Mundial de Ralis WRC. Assim, para além de Ogier, apenas mais dois nomes do mundo dos ralis alcançaram tal feito, nomeadamente os finlandeses Juha Kankkunen e Tommi Mäkinen. Acima desta marca está o também francês Sébastien Loeb, nove vezes campeão mundial.

Já em relação ao percurso dos agora tetra-campeões, cumpriram onze jornadas com nove pódios, dos quais cinco foram vitórias. Na Catalinha, Ogier garantiu o seu 37º triunfo, o trigésimo com a Volkswagen. Para já, na corrente temporada, falta ainda cumprir as jornadas de Inglaterra e da Austrália.

No final do Rali de Espanha, Ogier não escondeu a satisfação sentida por este novo triunfo na sua carreira: “Sinto-me fantástico! É impossível de descrever neste momento o meu quarto título de campeão mundial juntamente com o Julien. É uma honra estar ao mesmo nível de grandes nomes como Kankkunen e Mäkinen. Gostaria de endereçar um grande obrigado à nossa equipa da Volkswagen. Sem eles, o Julien e eu não estaríamos aqui hoje. Eles fazem um trabalho fantástico durante todo o ano e tivemos um carro perfeito durante toda a temporada.”

“Diverti-me muito ao volante do Polo R WRC, mais uma vez neste fim-de-semana. A tensão à entrada da Power Stage foi, obviamente, maior do que o habitual, dado o facto de que estávamos a uma curta distância do título e estávamos recordados sobre o erro que cometemos no ano passado. Ultrapassámos todas as dificuldades e estou extremamente orgulhoso deste título. Agora é hora de comemorar em grande estilo com a equipa e a minha esposa. Quando chegar a casa posso mostrar ao meu jovem filho Tim o troféu que o pai ganhou. Dedico-lhe este título mundial”, concluiu.

Quem também não escondeu o orgulho por liderar uma equipa campeã foi Sven Smeets, diretor da Volkswagen Motorsport, que deixou uma primeira palavra de apreço à dupla Ogier/Ingrassia: “Ser coroado campeão mundial pela quarta vez com uma vitória é excelente. Hoje é um grande dia para Sébastien Ogier, Julien Ingrassia e toda a equipa da Volkswagen. Eles têm sido extremamente consistente durante toda a temporada.”

“Estamos muito orgulhosos dos pilotos da Volkswagen mais rápidos do mundo. Certamente que vamos comemorar hoje em grande estilo. Além disso, o resultado aqui em Espanha coloca- nos numa boa posição na discussão pelo título de Construtores. Poderemos também ganhar o título pela quarta vez consecutiva no País de Gales, dentro de duas semanas, independentemente de outros resultados. Isso é, obviamente, o objetivo.”

Para a história fica a classificação final do Rali de Espanha...

1. Sébastien Ogier / Julien Ingrassia, Volkswagen, 3h 13m 03,6s
2. Dani Sordo / Marc Martí, Hyundai, a 15,6s
3. Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul, Hyundai, a 1m 15,0s
4. Hayden Paddon / John Kennard, Hyundai, a 1m 27,8s
5. Mads Østberg / Ola Fløene, Ford, a 3m 24,4s
6. Ott Tänak/Raigo Mõlder, Ford, a 5m 24,9s
7. Kevin Abbring / Sebastian Marshall, Hyundai, a 7m 31,3s
8. Jan Kopecký / Pavel Dresler, Škoda, a 9m 05,1s
9. Pontus Tidemand / Jonas Andersson, Škoda, a, 9m 20,4s
10. Craig Breen / Scott Martin, Citroën, a 9m 57,1s

Depois desta prova, as classificações dos Mundiais WRC seguem do seguinte modo quando estamos a duas provas do final da temporada...

— Pilotos:

1. Sébastien Ogier, 222 pontos;
2. Andreas Mikkelsen, 127;
3. Thierry Neuville, 127;
4. Hayden Paddon, 114;
5. Dani Sordo, 111;
6. Jari-Matti Latvala, 104;
7. Mads Østberg, 90;
8. Ott Tänak, 60;
9. Kris Meeke, 54;
10. Craig Breen, 36;

— Co-Pilotos:

1. Julien Ingrassia, 222 pontos;
2. Anders Jæger, 127;
3. Nicolas Gilsoul, 127;
4. John Kennard, 114;
5. Marc Martí, 111;
6. Miikka Anttila, 104;
7. Ola Fløene, 90;
8. Raigo Mõlder, 60;
9. Paul Nagle, 54;
10. Scott Martin, 36;

— Construtores:

1. Volkswagen Motorsport, 322 pontos;
2. Hyundai Motorsport, 260;
3. M-Sport, 144;
4. Volkswagen Motorsport II, 136;
5. Hyundai Motorsport N, 124;
6. Dmack, 74;
7. Jipocar Czech National Team, 18;
8. Yazeed Racing, 4.

Próxima prova: Rali de Inglaterra / Gales (27 a 30 de Outubro)

Pin It