Kris Meeke assume comando do Rali de Monte CarloO piloto britânico Kris Meeke (Citroen) terminou, esta quinta-feira, o primeiro dia do Rali de Monte Carlo no comando, depois de completar as duas classificativas iniciais da prova que marca o arranque da edição de 2016 do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC).

Na região de Gap, França, Meeke, cujo DS3 WRC não pontua para o campeonato de construtores no “ano sabático” da Citroen, completou os dois troços em 25.32,1 minutos, batendo o favorito local, o francês Sébastien Ogier (Volkswagen), actual tricampeão mundial, que registou o melhor tempo na primeira especial, mas fechou o dia a 6,9 segundos do norte-irlandês.

Apesar de ter protagonizado um “pião” na primeira especial, Meeke perdeu apenas 4,1 segundos para Ogier e foi significativamente mais rápido na seguinte, impondo-se por 11 segundos nas desafiantes estradas desta zona dos Alpes, que ofereceram uma combinação de asfalto e gelo bem conhecida por Ogier, uma vez que é natural de Gap.

O norueguês Andreas Mikkelsen, que tal como Ogier pilota um Volkswagen Polo R WRC, foi o terceiro classificado, a 20 segundos do líder, mantendo um andamento constante que lhe permitiu ser terceiro em ambas as classificativas.

Na estreia do novo Hyundai i20, o belga Thierry Neuville foi o quarto mais rápido, a 31,4 segundos do comandante, seguindo-se o neozelandês Hayden Paddon (Hyundai) e o norueguês Mads Ostberg (Ford), quinto e sexto posicionados, respectivamente.

Por outro lado, Jari-Matti Latvala, aos comandos do outro Polo R WRC, bateu em algo que não conseguiu identificar e danificou a suspensão traseira do veículo, perdendo mais de 30 segundos no troço final do dia, atraso que o colocou no sétimo posto geral, a 38,7 segundos de Meeke.

Nesta sexta-feira, disputa-se o segundo dia de competição do Rali de Monte Carlo, durante o qual os pilotos terão pela frente 116,5 quilómetros, repartidos por seis troços cronometrados, ainda na região de Gap. A prova terminará no domingo, no Mónaco.

Pin It