MEEKE-2015-WRCWALES1A Citroën Total Abu Dhabi World Rally Team terminou a temporada do WRC de 2015 no segundo lugar do Campeonato do Mundo de Ralis (Construtores) , através do segundo lugar obtido pel DS 3 entregue a Kris Meeke e Paul Nagle, e ainda a sétima posição do DS 3 de Mads Østberg e Jonas Andersson, as posições conseguidas no final do Rali da Grã-Bretanha.

A temporada de 2015 concluiu-se assim para o construtor francês com um total de seis pódios, com o destaque para a dobradinha alcançada na Argentina pelos DS 3 WRC.

A muito curta última Etapa do Rali da Grã-Bretanha prometia um final pleno de suspense. Para as duplas do Citroën Total Abu Dhabi World Rally Team, o objectivo era, sobretudo, conservar as suas posições, de modo a marcar os pontos necessários para confirmar, em definitivo, o 2º lugar no Campeonato de Construtores.

Debaixo de uma chuva persistente, Kris Meeke e Mads Østberg conseguiram evitar todas as armadilhas das quatro derradeiras provas especiais. Aproveitando o abandono de Ott Tanak na PEC 16, Østberg recuperou o 7º lugar com que atingiu a chegada, enquanto Meeke subiu pela sétima vez a um pódio no Campeonato do Mundo, fazendo-o desta feita no segundo lugar.

Quem esteve também em destaque, nomeadamente pela regularidade que aplicou no seu andamento, foi Stéphane Lefebvre que continuou a fazer tempos dentro do top 10, o que lhe permitiu terminar na oitava posição final, o melhor resultado da sua carreira ao volante de um DS 3 WRC.

Nota ainda para a primeira vitória de Ole Christian Veiby na agora finda temporada do FIA Junior WRC numa prova em que o piloto norueguês acabou por se impor aos franceses Thierry Folb e Pierre-Louis Loubet. Com este resultado, Veiby alcançou o 2º lugar do campeonato, atrás de Quentin Gilbert, piloto que também assegurou o título de WRC3, à frente de Veiby e Tempestini, todos ao volante de DS 3 R3-MAX.

107 LEFEBVRE 2015 WRCWALES

No final da prova, Yves Matton, Director da Citroën Racing, evitou grandes festejos recordando antes os trágicos acontecimentos de Paris na fatídica sexta-feira 13 de Novembro: "As circunstâncias não se prestam a celebrações e os nossos pensamentos estão com as vítimas parisienses. O resultado desportivo é secundário, mas é sempre importante concretizar os nossos esforços."

"Agradeço e dou os meus parabéns à equipa pelo trabalho feito ao longo de toda a temporada. Estou verdadeiramente orgulhoso. Em conjunto com os dois títulos conquistados no WTCC, todos os nossos objectivos foram atingidos nos ralis, com o 2º lugar no Campeonato do Mundo de Construtores, uma vitória no WRC e o título no WRC3, sublinhando o facto de estarmos sempre na frente no que se refere à promoção de jovens talentos. Tenho ainda que felicitar o Mads Østberg, o Jonas Andersson, o Kris Meeke e o Paul Nagle pelo seu empenho ao longo do ano.”

Já Kris Meeke disse ter-se sentido "sempre à-vontade ao volante do DS 3 WRC ao logo de todo o fim-de-semana", destacando que as suas performances "mostraram isso mesmo". "Foi uma prova particularmente difícil, mas apreciei-a verdadeiramente. Este segundo lugar no País de Gales é uma grande recompensa e uma excelente forma de terminar a temporada, no segundo lugar do Campeonato dos Construtores.”

Por seu turno, Mads Østberg, frisou: “Após os nossos azares de ontem, o essencial era ficar concentrado em terminar o rali. Estou satisfeito, pois conseguimos realizar uma época muito boa e terminámos no 2º lugar da classificação dos Construtores. O objectivo a que nos propusemos no início da temporada foi, assim, alcançado!”

Por fim, Stéphane Lefebvre concluiu: “Num rali tão complicado como este, conseguimos aprender muito mais. Sinto-me cada vez mais confiante no DS 3 WRC. O resultado é fantástico e é muito positivo acabar uma temporada tão rica a menos de meio segundo por quilómetro dos melhores.”

133 OSTBERG 2015 WRCWALES

Pin It