Duas semanas depois de ter ‘carregado no botão’ para que se ouvisse o hino de Portugal no final de uma prova do mundial MotoGP, Miguel Oliveira foi hoje o mais rápido no final do primeiro dia do GP da Alemanha, a oitava prova do campeonato do mundo 2021 da categoria.

Naquela que é a pista mais curta de todo o campeonato, com apenas 3671 metros em cada volta, Miguel Oliveira foi 12º na primeira sessão do dia, mas na segunda sessão, já ao início da tarde, o piloto da KTM foi o mais veloz na contabilidade final, registando na sua melhor passagem um tempo de 1m20.690s, a cerca de seis décimas do recorde do circuito. Um registo muito positivo mas que exige ser continuado no dia de amanhã, quando se discutirem os lugares na grelha de partida.

“Senti-me bem com a moto e com os pneus desde a primeira saída para a pista e no final conseguimos ser rápidos. Amanhã quero conseguir assegurar a passagem directa para Q2 e depois procurar a melhor qualificação possível pois num circuito tão pequeno como este é muito importante a posição de partida.”

Amanhã Miguel Oliveira tentará logo pela manhã a entrada directa em Q2, antes de lutar pela melhor posição na qualificação naquele que é o seu segundo GP na categoria maior no traçado junto a Chemnitz.

Pin It