Envolvida no Campeonato ABB FIA de Fórmula E desde a abertura da modalidade aos construtores, a DS Automobiles vai fazer alinhar o seu novo carro – o DS E-Tense FE 19 – em associação com a Techeetah, a partir da temporada de 2018/2019.

Esta parceria marca o fim do primeiro capítulo do envolvimento da DS Automobiles na Fórmula E, feito em conjunto com a Virgin Racing, uma parceria que resultou em 5 vitórias em corridas, 16 subidas a lugares no pódio, 6 pole positions e 3 voltas mais rápidas em corrida. Ao longo das últimas três temporadas, a DS Virgin Racing terminou, por duas vezes, no top-3 do Campeonato de Equipas.

A nova equipa será formalmente apresentada a 1 de Outubro, antes do arranque da 5ª Temporada em Riade, na Arábia Saudita, a 15 de Dezembro. Em termos regulamentares, a partir de 2018/2019, a duração das corridas de Fórmula E será de 45 minutos mais uma volta, sem trocas de carros a meio da corrida. Os monolugares para a próxima temporada terão alterações significativas ao nível da estética e da aerodinâmica, para além de contarem com novos motores elétricos de 250 kW, desenvolvidos pelas marcas, mantendo-se a gestão da energia como parte fundamental do campeonato.

A propósito desta parceria, Xavier Mestelan Pinon, Diretor da DS Performance, deixou já bem explícita a sua ambição relativamente aos resultados que a mesma poderá ter: “Gostaríamos de agradecer à Virgin Racing pelas três fantásticas temporadas que fizémos em conjunto. O nosso envolvimento na Fórmula E faz parte do compromisso da DS Automobiles na eletrificação da sua gama de modelos. O desenvolvimento do DS E-Tense FE 19 começou há já alguns meses, com o objetivo de estar em condição para disputar o 1º lugar do pódio desde a primeira corrida da temporada 2018/2019.”

“A nossa associação com a Techeetah, que celebrou a conquista do título de Pilotos de 2017/2018 e o 2º lugar no Campeonato de Equipas, está orientada neste sentido. Estamos absolutamente cientes das qualidades dos homens e mulheres que trabalham na Techeetah e estou convencido de que nos vamos complementar”, concluiu.

Por seu turno, Edmund Chu, Presidente da Techeetah Formula E Team, pôde igualmente dar conta do seu testemunho relativamente a esta parceria: “Estamos muito entusiasmados com esta associação com a DS Automobiles, numa altura em que entramos numa nova era do Campeonato ABB FIA de Fórmula E, com a introdução do carro de 2ª Geração. A DS tem uma vasta experiência na Fórmula E, sendo um construtor que está envolvido no Campeonato desde a 2ª Temporada, tendo terminado entre os três primeiros em cada temporada. Durante a época que agora terminou, travamos algumas batalhas em pista com a DS, pelo que estamos ansiosos por combinar a profunda experiência e competência de duas das melhores equipas no paddock, juntado-se ainda o facto de Techeetah passar a ser, pela primeira vez, uma equipa de fábrica.”

Não será demais recordar, a propósito da DS Automobiles, que se trata de  uma marca francesa originária de Paris, fundada a 1 de Junho de 2014 com a ambição de encarnar o savoir-faire do luxo francês no automóvel. Apoiando-se no seu legado e na sua filosofia avant-garde, a marca perpetua os valores de inovação e distinção herdados do DS de 1955. Concebida para clientes que buscam uma expressão pessoal, a Coleção DS compõe-se dos modelos DS 3, DS 3 Cabrio, DS 4, DS 4 Crossback, DS 5, DS 5LS, DS 6 e DS 7 Crossback. Propõe automóveis que se distinguem por um estilo avant-garde, pelo requinte nos mais pequenos detalhes, pela tecnologia avançada e tranquilidade dinâmica.

A propósito do DS 7 Crossback, estamos perante um inovador SUV com assinatura Parus, o qual inaugura a segunda geração de modelos DS. Empenhada nos automóveis híbridos e elétricos de elevada performance, a marca irá lançar a partir de 2019 o DS 7 Crossback E-Tense 4x4, o híbrido segundo a DS. Refira-se que o DS 7 Crossback é distribuído na rede exclusiva da DS, composta pelas DS Stores e DS Salons. A DS conta ainda com um espaço adicional único, o DS World Paris, na capital francesa.

Já em relação à Techeetah e a sua equipa de Formula E, é uma formação chinesa envolvida na modalidade de competição 100% elétrica em circuitos citadinos, o Campeonato ABB FIA de Fórmula E. A equipa é propriedade da empresa de capitais de risco China Media Capital (CMC), tendo vencido o Campeonato de Pilotos de 2017/2018 com Jean-Éric Vergne. Juntamente com André Lotterer, a equipa assegurou também a conquista do 2º lugar no Campeonato de Equipas na 4ª Temporada de Fórmula E que terminou recentemente, com a realização do e-Prix de Nova York.

Pin It