Depois de, em Portugal, o ex-futebolista Paulo Futre ter criado há alguns anos o mito da importância daquele que poderia ser o primeiro jogador de futebol chinês em Portugal, eis que a Fórmula 1 se prepara para contar efectivamente com o primeiro piloto chinês que irá integrar a grelha do “circo” da F1 em 2022. Chama-se Guanyu Zhou, tem 22 anos, e irá ocupar o lugar do italiano Antonio Giovinazzi ao serviço da Alfa Romeo.

Actualmente, Guanyu Zhou desempenha já funções de piloto de testes da Alpine para além de integrar a competição na Fórmula 2, estando tudo acertado para que integre a equipa da Alfa Romeo na qual irá correr também o finlandês Valtteri Bottas, ele que deixa a escuderia Mercedes. Com a chamada de Zhou, ficam fechadas as 10 duplas de pilotos para a próxima temporada de Fórmula 1 na qual surgirá então pela primeira vez um piloto chinês.

Sobre esta escolha, Fréderic Vasseur, director executivo da equipa Alfa Romeo afirmou já ser “um prazer receber Guanyu Zhou na Alfa Romeo Racing", tendo considerado o jovem piloto como “muito talentoso, como os seus resultados na F2 já demonstraram”, garantindo a determinação em “ajudar seu talento a florescer ainda mais na Fórmula 1."

Sobre a nova dupla de pilotos que irá representar a Alfa Romeo, Vasseur mostrou-se confiante nos bons resultados para 2022, mas também na chegada de um forte número de fãs provenientes do populoso país que é a China: "Estamos orgulhosos de nossa formação para 2022 e confiantes de que Zhou formará uma parceria de muito sucesso com Valtteri. Também estamos ansiosos para dar as boas-vindas a todos os novos fãs chineses que se juntarão à Alfa Romeo Racing, uma marca histórica que incorpora o espírito da Fórmula 1. Faremos o nosso melhor para tornar a experiência do nosso desporto excelente na China."

Quem se mostrou igualmente muito feliz com este anúncio foi o jovem Guanyu Zhou garantindo a disponibilidade para não desiludir aqueles que apostam nele: "Eu sonhava desde muito jovem em poder subir ao mais alto que pudesse num desporto pelo qual sou apaixonado e agora o sonho torna-se realidade. É um privilégio para mim começar a minha carreira na Fórmula 1 com uma equipa icónica como é a Alfa Romeo, uma equipa que introduziu tantos jovens talentos na Fórmula 1 no passado. Agora o sonho é realidade!”

GuanyuZhou 02

“Agradeço à equipe Alfa Romeo Racing por esta oportunidade. No próximo ano, a meta será aprender o máximo e o mais rápido possível. Ser o primeiro piloto chinês na Fórmula 1 é um avanço para a história do automobilismo chinês. Sei que muitas esperanças estarão depositadas em mim e, como sempre, vou tomar isso como motivação para me tornar melhor e alcançar mais", concluiu.

A temporada de 2022, com o início agendado para Março, ainda não terá qualquer prova a disputar no território chinês começará em março mas certamente que a China passará a acompanhar com outra expectativa o “circo” da Fórmula 1.

JR
Pin It