O piloto português Bruno Magalhães e o seu navegador, Hugo Magalhães, terminaram o Rali de Roma, em Itália, na quinta posição, depois de uma prova muito exigente e rápida, a qual teve como vencedor final Alexey Lukyanuk, piloto que passa agora a ocupar a primeira posição do Europeu de Ralis que até aqui tinha Bruno Magalhães na liderança. O piloto português gostava de ter terminado nos lugares do pódio, no entanto, um problema durante o dia de sábado roubou tempo precioso para que a dupla lusa conseguisse já este domingo chegar a essa posição.

Bruno Magalhães, ao volante de um Skoda Fabia R5, acabou a 1.41,2 m do russo, num Ford Fiesta R5, após 967,12 km da prova italiana, com 205,97 km ao cronómetro distribuídos por 15 especiais. E apesar de não ter atingido o seu objectivo, o piloto português estava contente com o trabalho efectuado ao longo do rali: "Fizemos tempos muito bons tendo em conta a vasta lista de inscritos e a qualidade dos pilotos presentes. Infelizmente perdemos muito tempo ontem e nas classificativas de hoje não conseguimos recuperar.”

“Foi pena, mas estamos contentes com a atitude forte com que enfrentámos a prova, uma das mais competitivas da europa", resumiu o piloto português.

Concluído mais este desafio, Bruno Magalhães centra já atenções na próxima prova: "Queremos continuar na luta pelo título, temos por isso de fazer tudo para assegurar apoios para a próxima ronda no final do mês de Agosto. O Campeonato está em aberto e seria uma pena se não conseguíssemos continuar."

Os resultados da prova e do campeonato podem ser consultados em: www.fiaerc.com

BrunoMagalhaes Italia02

BrunoMagalhaes Italia03

Pin It