Hamilton garante “pole position” na AustráliaO piloto inglês Lewis Hamilton (Mercedes) garantiu, este sábado, a “pole position” para o Grande Prémio da Austrália , prova que marca o arranque da edição de 2016 do Campeonato do Mundo de Fórmula 1, em Melbourne.

Numa qualificação cujo novo formato deixou muito a desejar, principalmente pelo final, em que os pilotos e equipas precocemente se contentaram com os resultados e não voltaram à pista durante os últimos minutos, o actual campeão mundial alcançou a 50.ª “pole” da sua carreira completando a melhor volta em 1 minuto e 23,837 segundos.

Depois de ter batido toda a concorrência nas três sessões de treinos livres para a primeira corrida do ano, Hamilton voltou a fazer o mesmo na qualificação, deixando o seu companheiro de equipa na Mercedes, o alemão Nico Rosberg, na segunda posição da tabela de tempos, com o registo de 1m24,197 segundos.

A terceira melhor marca foi assinada pelo alemão Sebastian Vettel (Ferrari), com uma volta em 1 minuto e 24,675 segundos, que viu o seu colega de escuderia, finlandês Kimi Räikkönen, concluir a qualificação no quarto posto.

Sebastian Vettel

Com as duas primeiras linhas da grelha de partida entregues aos dois monolugares da Mercedes e aos dois carros da Ferrari, as duas equipas que começam a época como favoritas, o holandês Max Verstappen (Toro Rosso) foi o melhor dos “outros”, assegurando o quinto melhor tempo.

O “top 10” da primeira qualificação do Mundial de Fórmula 1 de 2016 ficou completa, por esta ordem, com o brasileiro Felipe Massa (Williams), o espanhol Carlos Sainz Jr. (Toro Rosso), o australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) e os dois Force India, pilotados pelo mexicano Sergio Perez e o alemão Nico Hulkenberg.

Quanto à estreia do novo sistema de qualificação - com a eliminação do piloto mais lento a cada 90 segundos, sete minutos após o início da primeira fase (Q1), seis minutos depois do arranque da segunda (Q2) e cinco minutos após o começo da terceira (Q3) -, a emoção acabou por estar presente principalmente na Q1 e ainda na Q2, tendo a Q3 perdido muito rapidamente todo o interesse, uma vez que as equipas cedo se satisfizeram com os resultados e mandaram os respectivos pilotos para as boxes, deixando a pista vazia durante os últimos minutos da sessão. Esta situação deixa antever que poderão ser implementadas mudanças neste novo sistema em breve, de modo a evitar este tipo de episódios, que em nada favorecem o espectáculo.

O Grande Prémio da Austrália vai disputar-se este domingo, tendo arranque marcado para as 05:00 (hora de Lisboa).

Hamilton garante “pole position” na Austrália

Pin It