Tragédia ensombra Rali Sprint de GuimarãesO despiste de um carro em competição no Rali Sprint de Guimarães resultou, este domingo, em três mortos e dois feridos graves , de acordo com uma fonte do CDOS de Braga citada pela agência Lusa.

As informações disponibilizadas pelo segundo comandante do CDOS de Braga indicam que do acidente resultaram três mortos e dois feridos graves, tendo um deles sido evacuado por um helicóptero do INEM, e ainda três feridos ligeiros. Ao que tudo indica, as vítimas assistiam à prova, quando foram colhidas pela viatura.

Segundo a mesma fonte, o alerta para este acidente no Rali Sprint de Guimarães, que ocorreu na zona da Lapinha, foi dado às 15:27. Ao local da tragédia, acorreram 30 operacionais, 13 veículos e o helicóptero do INEM.

Uma outra fonte presente no local relatou, em declarações à agência Lusa, que o veículo em prova se despistou na parte final do troço da Rampa da Penha, tendo o rali sido entretanto suspenso, num momento em que tinham apenas arrancado quatro automóveis. A tragédia aconteceu na primeira especial do Rali Sprint de Guimarães, que ligava São Roque à Penha, um percurso que os pilotos iriam passar nos três troços cronometrados. Esta era a sexta e última prova do Troféu Inter-Municípios do Norte e a quarta organizada pelo Motor Clube de Guimarães.

De acordo com o Autosport, o acidente envolveu o piloto Hélder Macedo, acompanhado pelo navegador Marco Mota, aos comandos de um Renault Clio.

Entretanto, uma fonte dos bombeiros de Guimarães avançou, à Agência Lusa, que as vítimas mortais do acidente foram duas crianças (dois rapazes), de 8 e 13 anos, e uma mulher, de 50 anos.

O comandante da corporação, Joaquim Oliveira, disse ainda que o piloto que conduzia o carro acidentado foi levado para o hospital em estado de choque, enquanto os dois feridos graves foram para o Hospital de Braga e, de acordo com fonte da instituição, trata-se de um homem de 40 anos em "estado crítico" e de uma mulher de 18 em estado grave, ambos a realizar exames de diagnóstico.

foto: DR/TVI24/Vitor Fernandes

Pin It

Notícias Relacionadas