RicardoTeodosioDepois de uma aposta errada ao nível de pneus no primeiro dia do Azores Airlines Rallye, o piloto algarvio Ricardo Teodósio apostou esta sexta-feira em outros pneumáticos e “voou” na classificação autenticamente ao longo desta segunda etapa da prova, passando do 21º posto para a 12ª posição, apostando agora em conseguir chegar ao “top ten” no final do dia de amanhã.

O experiente piloto algarvio, Ricardo Teodósio, que partilha o Ford Fiesta R5 com o navegador José Teixeira, teve hoje um bom dia na segunda etapa do Azores Airlines Rallye, depois de, na véspera, ter sido fortemente penalizado com uma escolha errada de pneus, que o atirou para o 21º posto no final do dia.

Com a nova escolha de pneumáticos, Teodósio partiu determinado para arrepiar caminho e nem as condições adversas a que foi sujeito, com muita chuva e nevoeiro à mistura, o impediu de culminar a secção matinal com um profícuo resultado. Estava dado o mote para o início da tão ambicionada recuperação, se bem que pelo seu curso ainda tenha apanhado um susto com uma ligeira saída de estrada aquando da primeira passagem pela emblemática especial de Sete Cidades.

“Não conseguimos evitar a saída de estrada mas, no entanto, adquirimos um bom ritmo que nos permitiu controlar os adversários, lutando segundo a segundo, quilómetro a quilómetro, pela melhor posição na prova açoriana”, confidenciou Ricardo Teodósio.

A toada atacante não prescreveu no período vespertino, com a dupla Teodósio Motorsport a manter a aposta nos pneumáticos e a colher os frutos desejados, galopando oito posições na classificação geral e sexto no universo lusitano, que a conduziu para um patamar mais condizente com os seus pergaminhos.

“Naturalmente que a nossa prestação hoje resumiu-se a uma discussão acesa pelas posições que nos deixa mais confiantes para amanhã. Para trás ficou uma condução positiva que nos permite continuar a pensar em manter o ruído vincado que anuncia a ofensiva, com o objectivo legítimo de, pelo menos, entrarmos no “top ten”, posição perfeitamente ao nosso alcance”, vincou Ricardo Teodósio.

O Azores Airlines Rally terminará ao longo da manhã deste sábado, dia da segunda etapa em que os concorrentes terão na ementa mais seis provas especiais. De manhã, os pilotos disputam três classificativas: Graminhais, a famosa Tronqueira e uma segunda visita à super-especial de Ponta Delgada. De tarde, mais outras três classificativas, com o regresso a Graminhais e à Tronqueira e nova passagem por Vila Franca.

Pin It