Elfyn Evans conquistou a sua segunda vitória com a Toyota Gazoo Racing no desafiante Rali da Turquia, resultado com o qual, e quando faltam apenas duas provas para o final da época 2020, permite ao piloto britânico a subida da quarta para a primeira posição na classificação de pilotos. Com este resultado também a Toyota Gazoo Racing aumenta a sua liderança no campeonato de fabricantes.

O desafiante rali da Turquia arrancou com duas especiais na noite de sexta-feira. Sébastien Ogier terminou o primeiro dia em terceiro da geral, com os companheiros de equipa, Elfyn Evans e Kalle Rovanperä, logo atrás em quarto e quinto, respetivamente.

Como líder do campeonato, Sébastien Ogier, foi o primeiro na estrada e foi quinto à geral na primeira especial, estabelecendo depois o tempo mais rápido na segunda especial, subindo para o terceiro lugar, a 1,3 segundos do líder e apenas 0,1 segundos do piloto em segundo da geral. Os três pilotos em Toyota Yaris WRC terminaram o primeiro dia a 2,7s da liderança.

wrc 2020 Turkey Evans

Sábado, foi o dia principal da prova e um dia de sobrevivência para todas as equipas. O piso degradado, com muitas pedras, exigiu muito de máquinas e pilotos. Sébastien Ogier terminou o dia empatado na segunda posição da geral, a 33,2 segundos do líder, e à frente dos seus companheiros de equipa Elfyn Evans e Kalle Rovanpera. De manhã, Ogier venceu as duas primeiras especiais do dia e assumiu a liderança do rali. À tarde, perdeu algum tempo com um problema na caixa de velocidades do seu Yaris WRC.

As últimas quatro especiais de domingo seriam dramáticas para vários pilotos. A especial de Çetibeli de 38,15 quilómetros foi o primeiro de dois desafios que seriam repetidos no último dia do evento. Sébastien Ogier e Kalle Rovanperä foram vítimas do piso com muitas pedras e obrigados a parar devido a furos.

wrc 2020 Turkey Evans 2

Elfyn Evans, por outro lado, conseguiu passar sem problemas, conseguindo o melhor tempo e uma vantagem de 46,9 segundos. A partir daí, o galês e o co-piloto Scott Martin foram capazes de completar sem sobressaltos as especiais restantes e garantiram assim a vitória.

Uma rápida mudança da roda do Yaris WRC de Ogier permitiu que terminasse a primeira especial ainda no segundo lugar da geral. Infelizmente, foi obrigado a desistir da prova, em SS11, devido a um problema de motor. Sébastien Ogier está agora em segundo na classificação de pilotos, a 18 pontos de Evans.

Na sua época de estreia, o jovem Rovanperä e co-piloto Jonne Halttunen terminaram em quarto lugar. O seu resultado ajuda a Toyota a aumentar a liderança no campeonato de fabricantes para nove pontos.

wrc 2020 Turkey Ogier

Classificação final do Rali da Turquia

1 Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota Yaris WRC) 2h43m02.7s
2 Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC) +35.2s
3 Sébastien Loeb/Daniel Elena (Hyundai i20 Coupe WRC) +59.4s
4 Kalle Rovanperä/Jonne Halttunen (Toyota Yaris WRC) +2m35.9s
5 Gus Greensmith/Elliott Edmondson (Ford Fiesta WRC) +4m08.3s
6 Esapekka Lappi/Janne Ferm (Ford Fiesta WRC) +5m36.2s
7 Kajetan Kajetanowicz/Maciek Szczepaniak (Škoda Fabia Rally2 evo) +12m35.5s
8 Pontus Tidemand/Patrik Barth (Škoda Fabia Rally2 evo) +12m59.7s
9 Adrien Fourmaux/Renaud Jamoul (Ford Fiesta Rally2) +14m42.6s
10 Marco Bulacia/Marcelo Der Ohannesian (Citroën C3 R5) +14m46.4s
Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Toyota Yaris WRC) desistiram

Pin It