Álvaro Parente entusiasmado com prova australianaÁlvaro Parente vai estrear-se, no próximo fim-de-semana, nas 12 Horas de Bathurst, mostrando-se entusiasmado por ser o primeiro português a participar na popular prova australiana e motivado para iniciar a temporada com um bom resultado.

A época do piloto luso da McLaren GT inicia-se com a prova de abertura do Intercontinental GT Challenge, competição que reúne algumas das mais importantes corridas de resistência do mundo dedicadas a carros de GT, tendo como palco o selectivo circuito de Mount Panorama.

Parente formará equipa com Shane van Gisbergen, que este ano defendeu as cores da McLaren GT no Blancpain Endurance Series, e Jonathan Webb, ex-piloto dos V8 Supercars e actualmente o líder da Tekno Autosport, equipa que colocará em pista os McLaren 650S oficiais durante a prova australiana.

Apesar de o exigente traçado de Mount Panorama ser completamente desconhecido para si, o piloto lusitano está confiante de que isso não será um entrave para que possa evidenciar o seu talento na prova.

“Desconheço o circuito, tive apenas algum contacto através de simuladores, o que não é a mesma coisa, como todos compreendem, mas vou ter dois colegas de equipa, o Shane e o Jonathan, que são especialistas da pista e estou seguro de que serão preponderantes na minha adaptação, que se pretende rápida, muito embora eu esteja consciente de que a zona da montanha é extremamente difícil e que qualquer erro tem um preço muito elevado”, afirmou Álvaro Parente.

A prova que estreia o Intercontinental GT Challenge (na prática um verdadeiro Campeonato do Mundo de Endurance para GT que tem como restantes etapas as 24 Horas de Spa e as 12 Horas de Sepang) terá um plantel com inúmeras equipas com apoio oficial directo das marcas e diversos pilotos de fábrica, o que deixa o português consciente do desafio que terá pela frente, mas nem por isso deixa de colocar os objectivos a que normalmente aspira.

“As 12 Horas de Bathurst é uma prova muito exigente, dada a sua extensão e à natureza extremamente selectiva do circuito de Mount Panorama e, para além disso, teremos adversários fortíssimos. Contudo, temos também os nossos trunfos: temos dois pilotos que conhecem muito bem o traçado, uma equipa extremamente profissional e um carro que, se não for demasiado penalizado pelo BoP, tem potencial para ser competitivo. Espero, portanto, poder bater-me pelas posições da frente, sabendo, porém, que não podemos falhar e trabalhar arduamente para podermos estar entre os primeiros”, declarou Álvaro Parente.

O piloto luso terá o seu primeiro contacto com a exigente pista australiana na próxima sexta-feira e iniciará a corrida às 16:45 de sábado, podendo esta ser seguida em directo através da página oficial da prova: bathurst12hour.com.au.

Pin It