Mário Patrão faz balanço da épocaCom a época nacional fechada e o final do ano à porta, Mário Patrão fez o balanço final do ano de 2012, em que somou mais três títulos nas três categorias que disputou .

O piloto de Seia levou a efeito mais um projecto sólido e auspicioso a par com a estrutura portuguesa RR-Motos/Suzuki/Cepsa/Crédito Agrícola, equipa onde tem assumido especial evidência nos últimos anos e à qual juntou este ano as cores de mais um importante parceiro, a empresa nacional de transitários Lusocargo.

O todo-o-terreno nacional voltou a ser o cenário de brilho para Mário Patrão, renovando, uma vez mais, os títulos nas categorias Absoluto e TT2. O “Mr. Baja” tem sido o principal dominador da competição nacional nos últimos anos, sendo já 17 o número total de coroas de que é detentor na especialidade.

Mário Patrão faz balanço da época“O todo-o-terreno é uma modalidade que aprecio muito, gosto da velocidade e da adrenalina desta competição e sinto-me muito bem na sua prática. Em 2012, voltei a entrar forte e decidido, queria vencer corrida após corrida para renovar mais dois títulos e no final o objectivo foi cumprido”, afirmou o piloto português.

Mário Patrão voltou também a marcar presença no Enduro nacional, competição onde já acrescentou diferentes títulos ao seu palmarés de piloto profissional. No entanto, apesar de ser uma presença constante nos pódios finais das jornadas, Mário Patrão registou a segunda posição final na categoria Elite 2.

“Foi um ano difícil no Enduro nacional, contraí lesões que me impediram de poder estar na frente máxima da competição, mas, ainda assim, não posso deixar de estar contente por somar mais um vice-título de campeão nacional de Enduro à minha carreira”, acrescentou o senense.

Com mais uma época de competições nacionais encerradas, focado agora na sua estreia na mais mediática prova de todo-o-terreno do mundo, o Rali Dakar, Patrão não descura o apoio incondicional de toda a estrutura em balanço final: “Foi um ano muito bom, mais uma aposta ganha por todos nós e que agora culmina com a minha estreia num Dakar, a prova de sonho para qualquer amante do todo-o-terreno. Não posso deixar de agradecer todo o apoio prestado por todos os patrocinadores, formámos uma equipa vencedora. A minha palavra de apreço ainda para todos aqueles que me seguiram de diferentes formas ao longo deste ano e de toda a minha carreira, estas conquistas são de todo nós”, concluiu Mário Patrão.

Pin It