Luta ao rubro no Sahara AventuraO Sahara Aventura despediu-se, esta quinta-feira, das dunas e invadiu as montanhas em redor de Tiznit e de Tafraoute, com os participantes portugueses a continuarem em evidência .

Ao quarto dia, o cenário mudou. As montanhas foram o prato forte do dia, com um labirinto de trilhos, pistas e estradas asfaltadas a exigir muita atenção e boa leitura de terreno. Foi uma etapa longa e traiçoeira, entre Tiznit e Tafraoute.

Luta ao rubro no Sahara AventuraA Movimar/JM Pneus voltou à carga e, apesar de se manterem as arrelias mecânicas, desta vez ao nível da suspensão, confirmou que não perdeu as qualidades e garantiu a vitória na etapa. Por sua vez, a Terceira Açores 4x4 manteve a regularidade como arma e garantiu mais uma boa classificação que lhes permitiu, inclusive, ascender à liderança da classe. A Maxidrive/Atircar parece sentir-se bem nas montanhas e carimbou mais uma boa etapa, que lhe permite manter acesa a ambição de chegar ao pódio.

Por outro lado, a Duomaquete/Paredecar não entrou bem e, a somar aos problemas eléctricos em uma das viaturas, não conseguiu segurar o comando na classe. Já a Revista 4x4 Vintage Team protagonizou mais uma etapa cautelosa e a ritmo comedido.

Luta ao rubro no Sahara AventuraNa classe Individual, a luta não podia estar mais animada. A Proseries Desert Team atacou e colheu a vitória na etapa, mas os pontos obtidos não chegaram para se isolar no comando, já que a Onze garantiu a segunda posição. As duas equipas, que desde a primeira etapa tem ocupado as primeiras posições, não terão pois uma etapa fácil.

A CRM Transportes retomou a marcha depois de ter “saltado” a segunda etapa, para recuperar a viatura, e assinou um bom resultado final.

A 13ª edição do Sahara Aventura termina esta sexta-feira, com a realização da mais uma etapa de montanha, que irá ligar Tafraoute a Agadir.

Pin It