Leal dos Santos sexto na primeira etapa em AragónO piloto português Ricardo Leal dos Santos, navegado pelo brasileiro Mykel Justo, brilhou, este sábado, na etapa inaugural da edição de 2015 da Baja Aragón ao colocar a renovada Nissan Navara do projecto lusófono BAMP na sexta posição, a escassos 11 segundos do Mini que ocupa o quinto lugar, depois de ter alcançado um excelente oitavo posto no prólogo, realizado no dia anterior.

Nesta jornada da Taça do Mundo de Todo-o-Terreno, que se está a disputar na região de Zaragoza-Teruel, recheada de excelentes máquinas e pilotos, Leal dos Santos está a fazer jus ao seu valor e à qualidade da sua máquina, ombreando com as mais cotadas máquinas do todo-o-terreno mundial.

Apesar do fantástico resultado, o piloto luso pode-se queixar de ser sido muito penalizado no primeiro troço do dia, já que apanhou, ao quilómetro 30, o piloto que partiu à sua frente e que não o deixou passar até ao final do troço. Já no troço disputado da parte da tarde, voltou a apanhar o mesmo piloto, que desta vez encostou a sua Toyota para deixar passar a Nissan da equipa BAMP.

“O troço da manhã foi mesmo mau. Perdemos cerca de quatro minutos que nos colocariam agora a discutir o quarto lugar com o Reinaldo Varela. Da parte da tarde, já nos foi possível mostrar o real valor da nossa máquina na qual temos trabalhado afincadamente desde o Dakar. É um projecto lusófono em que acreditamos muito e estamos a conseguir comprovar isso”, comentou Ricardo Leal dos Santos, no final da tirada.

Leal dos Santos sexto na primeira etapa em AragónLeal dos Santos sexto na primeira etapa em Aragón

Pin It