PB20170304 0062Uma queda quase no final do primeiro dia de prova em Reguengos de Monsaraz está na origem da paragem forçada que impede Mário Patrão de disputar a Baja TT do Pinhal nos dias 16 e 17 de junho a quinta jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno que se vai disputar em pistas dos concelhos da Sertã, Proença-a-Nova e Oleiros.

“Em Reguengos tive uma queda feia quase no final do troço com a moto a embater com violência nas minhas costas. Ainda ponderei não participar no dia seguinte, mas achei que valia a pena fazer um esforço e com bastante sacrifício consegui terminar e regressar a casa com um terceiro lugar”, explica Mário Patrão que depois de um inicio de temporada em crescendo se apresentou já muito forte em Loulé onde ficou a segundos da vitória depois de ter sido o mais rápido no derradeiro setor seletivo da prova.

O piloto de Seia, heptacampeão Nacional de Todo-o-Terreno tenteu recuperar da mazela nas três semanas que mediaram entre Reguengos e esta Baja TT do Pinhal, mas acabou por tomar a decisão mais aconselhável: “Não treinei e não estou ainda recuperado. Poderia eventualmente fazer esta prova com limitações, mas iria seguramente agravar a minha lesão e aumentar o período de recuperação. Tenho um resultado para deitar fora e vou optar por parar nesta corrida. Estarei seguramente forte para discutir as vitórias nas duas derradeiras provas da temporada”.

Embora ausente na corrida, Mário Patrão irá viajar até à Sertã onde, no final da tarde da próxima 6ª feira, terá lugar a apresentação do Dakar 2018 a grande maratona de todo-o-terreno onde o piloto da KTM irá marcar de novo presença. A ausência desportiva na prova que tem base na Sertã poderá vir, entretanto, a ser compensada por outra corrida, seja um Enduro ou mesmo numa prova internacional.

PB20170325 0179PB20170415 0016

Pin It