×

Erro

[SIGPLUS_EXCEPTION_SOURCE] Image source is expected to be a full URL or a path relative to the image base folder specified in the back-end but 2013/LUSOMOTORES/Automoveis/Mazda/Mazda3-Palmela is neither a URL nor a relative path to an existing file or folder.

Mazda3-20131107-01Quando aceitámos o convite da Mazda Motor de Portugal para conhecer o novo Mazda3 sabíamos que iríamos estar perante um bom produto mas, ainda assim, acabámos por nos surpreender, isto porque superou as nossas melhores expectativas. Dotado da tecnologia Skyactiv associada ao design “Kodo – A Alma do Movimento”, a mais recente geração deste modelo da Mazda para o segmento C, claramente um “best-seller” da marca “zoom-zoom” ultrapassou aquilo que esperávamos, ficando a vontade de um teste mais prolongado em que possamos confirmar as boas impressões deixadas neste contacto, em ensaio dinâmico entre Lisboa e Palmela, com a passagem pelas sempre desafiantes estradas da serra da Arrábida.

Mazda3-20131107-03Económico e seguro, mas apresentando ainda assim um carácter desportivo assinalável, este novo Mazda3 prometia ser capaz de reflectir mais do que nunca a condução Jinba Ittai – condutor e cavaleiro como um só. À partida, o novo Mazda3 surge como o primeiro a colocar ‘online’ os seus ocupantes, de modo seguro e constante, graças ao seu novo sistema de conectividade móvel MZD Connect, associado ao novo e melhorado interface homem-máquina (HMI).

Depois, e para uma superior sensação de propriedade no segmento C, que representa cerca de um quarto das vendas de automóveis de passageiros na Europa, este modelo, cujo o lançamento foi agendado para Portugal para o último trimestre do ano agora em curso, apresenta um design exterior sedutor, baseado numa imagem “Kodo”, algo que os responsáveis da marca explicam como a capacidade de espelhar toda a vitalidade deste modelo de linhas desportivas. A posição rebaixada e mais larga, em conjunto com uma cabine que se inclina em direcção à traseira, juntando pára-choques proeminentes e um perfil que cresce da frente para trás, compõem a imagem deste modelo nipónico.

A maior distância entre eixos e as mais reduzidas projecções frontais e traseiras traduzem-se em performance, garantindo maior estabilidade e segurança, criando mais espaço para o motor e para os ocupantes. Uma avançada e cuidada construção para um novo nível de qualidade de construção, garantindo, por exemplo, menores folgas entre os painéis e portas que se abrem com uma enorme facilidade, bem assim como uma frente marcadamente “Kodo”, Mazda3-20131107-07com a sua assinatura de uma grelha em forma de asa, que flui para dentro das características e fortes linhas que caracterizam as laterais do modelo, destacam toda a energia acumulada neste Mazda3 em que as ópticas da frente, esguias, projectam uma imagem de predador, com uma limpa e estruturada assinatura de luz, integrando um aro luminoso, LEDs e lentes interiores.

Disponível numa paleta de nove cores de carroçaria, incluindo o Vermelho Soul e dois tons novos: Titanium Flash e Azul Crystal, representando, respectivamente, as características de emoção, sofisticação e velocidade, acabámos por testar este modelo em branco, uma cor cada vez mais “na moda” que dificilmente consegue deixar alguém indiferente à sua passagem quando é usada por um automóvel de linhas arrojadas e diferentes.

Conforto viciante no habitáculo

Mazda3-20131107-08A bordo do novo Mazda3 experimentámos a capacidade viciante do habitáculo que, pelo conforto que permite, em conjunto com o prazer de condução permitido por este modelo, deixa-nos a vontade de fazer sempre mais um quilómetro, ignorando distâncias e transformando-as em algo agradável de cumprir. Ao volante, num ‘cockpit’ seguro e orientado para o condutor, este acaba por se sentir num mundo à parte, mesmo quando combinado com a atmosfera de ‘relax’ permitida para os passageiros. Para o condutor é orientado o espaço ergonómico, projectado para obrigar a um mínimo esforço na relação com a estrada, posicionando todos os instrumentos vitais relacionados com a condução, permitindo a sua fácil operação e minimizando a fadiga.

Ao volante sentimos os pedais posicionados simetricamente, o volante mais baixo, um banco em que se torna fácil encontrar a melhor posição de condução em face das maiores possibilidades de ajuste, e ainda um habitáculo com inclinação para trás, com pilares A recuados em 100 mm, melhorando a visibilidade para a frente e a globalidade do campo de visão do condutor.

Relativamente aos materiais, os acabamentos interiores apresentam um design capaz de transmitir emoção, assente numa sofisticada tonalidade preta com contrastes sofisticados, para uma qualidade global coerente. Os estofos surgem em tecido preto de elevada qualidade, num habitáculo em que os espaços de arrumação maximizam a conveniência e o fácil acesso, com um mínimo movimento dos olhos para que não se perca o foco na estrada quando em condução.

Mazda3-20131107-05Nesta primeira fase de lançamento, em Portugal o novo Mazda3 está apenas disponível com a mecânica Skyactiv-G a gasolina, associada a uma transmissão manual, ambas desenvolvidas segundo a filosofia de reduzido peso, integrando de série soluções como o istop, o sistema de paragem e rearranque da Mazda. O motor a gasolina de injecção directa SKYACTIV-G integra uma taxa de compressão de 14:1 (a maior do mundo num modelo de produção em massa), ainda um sistema de escape do tipo 4-2-1 de design específico, com evoluídas propriedades ao nível da dispersão do combustível, entre outras soluções para ultrapassar as questões relacionadas com a elevada compressão.

Este novo bloco Skyactiv-G 1.5 oferece uma potência de 100 cv às 6.000 rpm e um binário de 150 Nm às 4.000 rpm. Segundo a marca, promete um consumo, em circuito combinado, de 5,0 l/100 km e níveis de emissões de CO2 de 119 g/km, isto perante a utilização de uma caixa de seis velocidades manual.

Mazda3-20131107-06Em termos dinâmicos, e sem querer colocar em causa as sensações que teremos oportunidade de verificar em maior detalhe num ensaio mais prolongado, foi possível verificar a presença de uma suspensão perfeitamente equilibrada que aumenta o conforto, a agilidade e a estabilidade a alta velocidade, em auto-estrada, mas também em percursos mais sinuosos, como nas já referidas estradas mais exigentes como são as da Serra da Arrábida. Convém dar conta de que a suspensão do novo Mazda3, mais leve mas mais rígida, apresenta uma geometria e amortecedores melhorados para absorver melhor as irregularidades da estrada, mas sem comprometer a maneabilidade.

De acordo com os responsáveis da Mazda, o sistema de direcção assistida eléctrica do novo Mazda3 foi reformulado para aumentar a eficiência, permitindo relações mais baixas que aumentam a agilidade, requerendo um menor esforço do condutor. Já no capítulo da travagem, e ainda segundo as indicações da marca, o controlo e resposta da travagem, aumentados pela afinação do ‘booster’ dos travões, reduzindo o curso dos pedais com recurso a cilindros mais pequenos, vem permitir um sistema de travagem particularmente eficiente em piso molhado em conjunto com pneus de maior aderência. Mazda3-20131107-15Deste modo, a Mazda promete para esta proposta do segmento C distâncias de travagem entre as melhores da classe, algo que também ajuda na redução dos consumos.

Para proteger os ocupantes e os peões de modo semelhante, a Mazda equipou o seu novo Mazda3 com um vasto conjunto de soluções tecnológicas de segurança activa e um completo leque de soluções de segurança passiva. Como resultado, o construtor espera alcançar os mais elevados níveis de segurança no âmbito das avaliações da EuroNCAP e de outras entidades ligadas à segurança nas estradas em redor do planeta.

Entre os sistemas de segurança activa, destaque para o Smart City Brake Support (SCBS), o sistema autónomo de travagem de emergência da Mazda que complementa o SBS, operando a velocidades entre os 4 e os 30 km/h, nomeadamente em ambiente urbano, ainda o “Emergency Stop Signal” (ESS), sistema que activa as luzes de emergência em caso de uma forte travagem, a mais de 50 km/h, de modo a avisar os condutores que sigam na traseira do veículo, também o Hill Launch Assist (HLA), sistema que controla a pressão dos travões, prevenindo que o veículo descaia num arranque em inclinação, ainda o ABS com EBD (Electronic Breakforce Distribution), assistência à travagem (EBA), DSC (Dynamic Stability Control) e TCS (Traction Control System) de série.

A juntar a tudo isto, neste novo Mazda3, encontramos materiais mais resistentes, contínuos e com ligações reforçadas, capazes de tornar a estrutura simultaneamente leve e rígida Skyactiv-Body mais segura, ainda uma secção frontal com zonas de absorção de energia de maiores dimensões, Mazda3-20131107-18canalizando-a em redor do veículo, para fora do habitáculo e por múltiplos caminhos de dispersão, também cavas das rodas reforçadas que ajudam a prevenir que as rodas da frente invadam o habitáculo na sequência de pequeno impacto frontal, e uma célula de protecção, única e sólida, que minimiza a deformação da cabina e os potenciais ferimentos no decurso de um impacto lateral através do controlo do fluxo da energia do impacto.

A estrutura traseira foi redesenhada com pára-choques reforçados para uma melhor absorção de impactos, isto enquanto os acabamentos e outros componentes utilizados no interior foram optimizados de forma a reduzir ferimentos potenciais nos ocupantes. Mazda3-20131107-20A estrutura interior dos assentos, costas e apoio de cabeça dos bancos da frente foi redesenhado para prevenir ferimentos, tudo isto para os bancos da frente, isto enquanto que os bancos traseiros foram concebidos para impedirem a intrusão da carga transportada na bagageira para dentro do habitáculo. Airbags frontais, laterais e de cortina de série, em complemento aos cintos de segurança com pré-tensores e limitadores de carga, surgem também neste novo Mazda3 para uma total segurança de condutor e passageiros num modelo que avança para a sua terceira geração, numa história iniciada há dez anos, altura em que este construtor nipónico lançava os primeiros pilares para um modelo pleno de sucesso que, ao longo da última década cumpriu o desafio proposto: ser capaz de desafiar as convenções!

texto: Jorge Reis

{gallery}2013/LUSOMOTORES/Automoveis/Mazda/Mazda3-Palmela{/gallery}

Pin It