LeasePlan adquirida por consórcio de investidores A LeasePlan anunciou, esta terça-feira, que um consórcio de investidores de longo prazo concluiu a aquisição da empresa à Global Mobility Holding B.V., uma “joint venture” da Volkswagen Aktiengesellschaft e da Fleet Investments B.V..

De acordo com o comunicado divulgado pela companhia, o novo accionista que detém 100% do capital da LeasePlan é o LP Group B.V., que representa um consórcio composto por um grupo de investidores de longo prazo e inclui um dos principais fundos de pensões holandês, PGGM, o maior fundo de pensões da Dinamarca, ATP, GIC, Luxinva S.A., subsidiária totalmente detida pela Autoridade de Investimentos de Abu Dhabi (ADIA) e pelo fundo de investimento TDR Capital LLP.

"Este dia marca o início de uma nova era para a LeasePlan. Os novos accionistas apoiam totalmente as nossas ambições de crescimento e a estratégia de longo prazo de oferta de soluções de mobilidade inovadoras e de elevada qualidade para os nossos clientes em todo o mundo. Demostramos o nosso potencial enquanto organização ao aproveitar as oportunidades de crescimento numa indústria em constante mudança e passámos agora a gerir uma frota de 1,55 milhões de veículos em todo o mundo. Com os novos accionistas, temos as melhores expectativas de continuar a criar valor para os nossos clientes", afirmou Vahid Daemi, CEO e presidente do Conselho de Administração da LeasePlan.

Por seu turno, Manjit Dale, sócio fundador da TDR Capital LLP, em nome do LP Grupo B.V., declarou: "É com enorme entusiasmo que completamos a aquisição da líder de mercado em gestão de frota e soluções de mobilidade. Acreditamos firmemente no futuro da LeasePlan, uma empresa com uma carteira incomparável de soluções líderes de mercado, clientes fidelizados, uma equipa altamente dedicada e uma estratégia sólida para o futuro, sob uma gestão altamente experiente. Esperamos continuar a apoiar a administração no seu objectivo de crescimento do negócio".

Com um valor total de 3,7 mil milhões de euros, a aquisição foi financiada com um investimento de capital de cerca de metade do preço total da compra, um título de dívida obrigatoriamente conversível de 480 milhões de euros e a oferta de 16 de Março de 2016 de títulos prioritários garantidos compostos por títulos prioritários em euros a vencimento em 2021 e títulos prioritários em dólares americanos a vencimento também em 2021 no montante total de aproximadamente 1.6 mil milhões de euros. A dívida emitida pelos investidores não foi contraída pela LeasePlan e a empresa não será responsável pelo seu pagamento. De agora em diante, o LP Grupo B. V. irá manter a estratégia de financiamento diversificada da LeasePlan, apoiada na sua notação de investimento, segundo o comunicado divulgado.

Pin It