Consumo de combustível influencia escolhas lusasUm estudo promovido pelo Observador Cetelem destacou o facto de os automobilistas estarem mais atentos à carteira do que à poluição na hora de escolher um veículo para comprar . No caso específico de Portugal, o consumo de combustível foi critério determinante para quase nove em cada dez consumidores (89%). Já a atenção dada ao facto de a viatura ser pouco poluente foi mais secundária (45%). Os custos surgem, assim, entre os principais critérios de escolha de um veículo.

Este estudo revelou também que os países da Europa do Sul, mais afectados pela crise económica, foram particularmente sensíveis ao consumo de combustível na escolha do seu veículo: espanhóis (92%), portugueses (89%) e italianos (83%).

Na análise, destaca-se ainda o facto de a atenção atribuída ao consumo de combustível, na escolha do próximo veículo, superar a poluição gerada pelo automóvel dentro de 10 anos. Em média, 93% dos europeus terão em conta os custos (o consumo de combustível) e “apenas” 73% assegurarão que o seu próximo veículo seja menos poluente. Portugal segue os valores europeus.

No entanto, o impacto da poluição do futuro veículo no ambiente passará a ser mais considerado: cerca de três europeus em cada quatro (73%) estarão atentos a este critério na compra do seu próximo veículo, mas apenas um europeu em cada dois (52%) teve este critério em conta na compra do seu veículo actual. A diferença é ainda mais flagrante em Portugal (+29 pontos), em Espanha (+24 pontos) e em França (+23 pontos), sinal de que a consciência ambiental dos automobilistas europeus se aviva.

As análises económicas e de marketing, bem como as previsões, para o Caderno Automóvel 2014 foram efectuadas em colaboração com a empresa de estudos e consultoria BIPE, tendo os inquéritos de campo ao consumidor sido conduzidos pela TNS Sofres, durante o mês de Novembro de 2013, em oito países da Europa (Alemanha, França, Itália, Portugal, Espanha, Bélgica, Reino Unido e Turquia), com amostras representativas das populações nacionais (pelo menos 600 pessoas por país), num total de 4.830 pessoas questionadas através da internet.

Consumo de combustível influencia escolhas lusas
Pin It