×

Mensagem

Failed loading XML...

EwcBolDor2015ArriveeA Endurance Racing Team (SERT) conseguiu o título do Campeonato do Mundo de Endurance FIM (EWC) ao terminar em terceiro lugar na corrida de 24 horas Bol d’Or, no circuito Paul Ricard, em França . Desde 2000, é a décima vez que a Dunlop e a SERT conquistam juntas o título e é o 15ª título da marca nos últimos 21 anos.

As equipas Dunlop terminaram a corrida com três das quatro primeiras posições, assegurando assim as duas primeiras posições no campeonato e cinco dos oito primeiros postos no Campeonato Mundial de Resistência para equipas Superstock.

A equipa SRC Kawasaki ganhou a prova de Bol d’Or, sendo a única moto nas posições de liderança que teve uma corrida sem incidências. A GMT94 Yamaha, um dos dois adversários da Dunlop ao título, parecia ter perdido todas as hipóteses de êxito quando um acidente na primeira volta colocou a equipa na última posição. Após quatro horas, a equipa conseguiu chegar à 17ª posição de 55, e na oitava hora alcançou o impressionante segundo lugar, posição com que cruzaram a linha da meta.

Os problemas da SERT apresentaram-se durante a décima hora, quando uma avaria num dos eixos levou-os a uma paragem prolongada. A equipa perdeu seis voltas e caiu para a oitava posição, recuperando o terceiro posto final e conseguindo um quarto pódio na quarta e última corrida do ano. Os pontos foram mais do que suficientes para assegurar o título de 2015.

Relativamente à categoria de Superstock, a esperança da Junior Team LMS Suzuki de conseguir o título desvaneceu-se, quando um problema de sobreaquecimento obrigou-os a retirarem-se, apesar de até então terem ocupado o quinto lugar geral e liderado a classe nas horas iniciais. A Tati Team Beaujolais Racing conseguia a vitória da categoria, mas não foi suficiente para esta equipa Dunlop reter o título do Campeonato Mundial de Resistance. No entanto, a formação finalizou a corrida no quarto posto da geral, repetindo a proeza da Junior Team Suzuki nas corridas de Le Mans e Oschersleben.

EwcBolDor2015TeamGmt

As condições de calor fizeram com que as equipas de EWC utilizassem apenas dois compostos traseiros da gama de pneus, o mais suave durante o dia e uma opção ligeiramente mais rígida à medida que as temperaturas diminuíam para proporcionar um melhor rendimento com a pista mais fria em rectas largas. As formações de Superstock utilizaram pneus Dunlop disponíveis no mercado, realizando voltas duplas com êxito, o que lhes poupou tempo em paragens.

No término da competição, Clinton Howe, Director de Negócio de corridas de Moto, Dunlop Motorsport, congratulou as equipas vencedoras: “Felicito a SERT por ter conseguido alcançar mais um merecido título, já que foi a equipa com as melhores pontuações na Suzuki e que esteve presente em todos os outros pódios. É óptimo conseguirmos mais uma vitória para a nossa estatística de títulos. A GMT94 Yamaha fez uma corrida incrível ao recuperar do incidente da primeira volta, protagonizando um regresso extraordinário. Enquanto vencedores da corrida em Oschersleben, poderiam ter sido campeões novamente."

Howe dirigiu também uma palavra de encorajamento à Junior Team Suzuki: "Foi uma pena que a Junior Team Suzuki não tivesse conseguido reter o título de Superstock, especialmente depois de terem ganho as últimas corridas na categoria, mas estou confiante de que irão recuperar no próximo ano”.

Pin It