00000A Nauticampo e o Lisboa MotoShow, eventos promovidos conjuntamente pela ACAP - Associação Automóvel de Portugal e pela Fundação AIP, registaram 63.522 visitantes durante os cinco dias de evento, valor que constitui um recorde com um aumento de 15% em relação à última edição, transformando a FIL, no período de 5 a 9 de Abril, no grande palco nacional de apresentação de novidades para os sectores dos barcos e atividades náuticas, caravanismo, desporto e aventura, moto e acessórios.

Na abertura oficial dos dois certames, o Secretário de Estado Adjunto e do Comércio, Paulo Ferreira, presidiu à abertura oficial do Lisboa MotoShow e fez uma visita à Nauticampo, salões que contaram também com as visitas oficiais de vários grupos parlamentares que, junto dos expositores, puderam constatar o bom momento que aqueles dois sectores atravessam.

A presença de mais de 1.000 motos, com cerca de 100 modelos apresentados em primeira mão em Portugal durante o evento, foram as grandes atrações do Lisboa MotoShow, demonstrando o empenho das marcas presentes em fazer deste salão o melhor da Península Ibérica para o sector.

Na presente edição deste certame, o desenvolvimento do novo espaço – Motor Racing – veio abrir novas propostas ao salão, onde brilhou a box do piloto nacional Miguel Oliveira, com a transmissão do grande prémio da Argentina em direto, coroado com o excelente 2º lugar do nosso campeão.

00001000020000300004

O espaço da Federação de Motociclismo de Portugal, com a promoção do calendário nacional de provas, ou as sempre cobiçadas “café racers”, foram outras das atrações acarinhadas pelos amantes da modalidade e curiosos pelos desportos motorizados. No espaço exterior os test drives com motos de alta cilindrada foram um êxito, à semelhança de edições anteriores.

Já em relação à Nauticampo, este certame teve na edição agora concluída várias iniciativas novas, com especial destaque para a “Regata Nauticampo”, em parceria com a Associação Naval de Lisboa e a Associação de Remo do Sul e Ilhas, que contou com a participação de mais de 100 jovens remadores, animando toda a zona da doca do Oceanário do Parque das Nações.

O programa de workshps foi também bastante rico em temáticas, como a náutica de recreio, o autocaravanismo, ou as actividades subaquáticas. O interesse em torno de embarcações de pequeno porte mostra que há um público mais alargado com interesse nas actividades náuticas, acompanhando a tendência para o aumento geral dos visitantes do salão.

00090000910010200103

Pin It